Pesquisa aponta que usuários do Android são mais pobres, velhos e promíscuos

Por Redação | 09.05.2014 às 12:44

O AYI.com, um site de relacionamento online vinculado ao Facebook, divulgou uma pesquisa que revela o perfil de cada usuário de acordo com a plataforma móvel utilizada. O site analisou os perfis de alguns dos seus 13.690 usuários móveis nos Estados Unidos, a fim de comparar suas características demográficas – o que nos brinda com descobertas no mínimo curiosas.

De acordo com a pesquisa, os usuários do iPhone são 17% mais procurados no site, por outro lado os usuários do sistema Android são 12% mais propensos a ter um encontro com um desconhecido, o que, nas palavras do próprio site, faz destes os mais "promíscuos".

Curiosamente, a pesquisa também deixa claro que os usuários do Android são um pouco mais velhos: 42% deles têm entre 45 e 60 anos de idade, ao passo que 67% dos usuários solteiros que utilizam iPhone não têm mais do que 45 anos.

Os usuários do Android, de acordo com a pesquisa, também ganham menos. Segundo o site, a média salarial daqueles que fazem uso do sistema do Google é de até 60 mil dólares por ano, enquanto os do iPhone chegam até 150 mil dólares anuais. Mas o que é ainda mais interessante é que a pesquisa aponta que os entusiastas da Maçã bebem e usam drogas até duas vezes mais do que seus pares no Android. O que isso de fato significa é difícil dizer.

A pesquisa indica ainda que, enquanto um usuário do iPhone tem duas vezes mais chances de ter um diploma de bacharel e 55% mais chances de ter um mestrado, dos usuários do Android inscritos no AYI, somente 28% têm um diploma de curso superior.

A briga entre usuários das duas plataformas é antiga, mas sadia enquanto diz respeito a qual sistema tem a melhor funcionalidade, no entanto, não para por aí: o "status" agregado pelos produtos da Apple infelizmente costuma despertar certo preconceito por parte de alguns de seus usuários em relação ao sistema rival. Um fato que corroborou isso muito bem foi quando em abril de 2012 o Instagram foi lançado para Android, e muitos devotos da Maçã demonstraram descontentamento nas redes sociais.

A pesquisa foi feita apenas com usuários caastrados no site, e se reflete alguma realidade, é a dessa rixa (entre os usuários) desnecessária.

AYI