O que é MIME?

Por Redação

MIME é a sigla em inglês para Multipurpose Internet Mail Extensions, que se refere a um padrão da internet para o formato das mensagens de correio eletrônico. Ele pode ser utilizado para incluir vários tipos de conteúdo dentro de uma única mensagem.

O MIME estende o formato de protocolo de transferência de correio simples (SMTP) dos e-mails para inserir diferentes tipos de conteúdo, sendo eles em texto ou não. Algumas partes dessas mensagens podem envolver imagens, áudios e textos em caracteres distintos. Como muitas das mensagens na internet possuem uma associação bem próxima entre os padrões SMTP e MIME, algumas vezes eles são denominados de mensagens SMTP/MIME.

O MIME ainda permite que esses dados de conteúdos distintos possam ser transmitidos pelo correio eletrônico da internet sem que seja necessária a conversão prévia para o formato ASCII. Isso é realizado por meio dos tipos de MIME usados para descrever o conteúdo de um documento. Após isso, uma aplicação compatível com o padrão envia o arquivo e a aplicação receptora realiza uma consulta em uma lista padronizada de documentos que ficam organizados em tipos e subtipos MIME, com o objetivo de depurar o conteúdo do arquivo transmitido.

O protocolo básico SMTP suporta apenas 7-bit de caracteres ASCII limitando as mensagens de e-mails, visto que também inclui somente caracteres utilizados na língua inglesa. Por isso, o MIME provê mecanismos para que informações com conteúdos distintos possam ser enviados pela internet por meio do correio eletrônico. Para isso, ele utiliza codificações que não existem no ASCII. O formato básico de e-mail é definido pela RFC 2822, que atualiza a versão RFC 822. Estes padrões fazem parte de especificações que aparecem nos cabeçalhos dos e-mails, como "Para:", "Assunto:" e "De:".

O MIME também é um componente primordial de comunicação de outros importantes protocolos da Internet, como o HTTP. Esse protocolo necessita que os dados sejam enviados em contextos parecidos com os enviados em mensagens de e-mail. Por isso, o cabeçalho conteúdo-tipo e o tipo MIME de registro são reutilizados.

O conhecido MIME type trata-se da combinação de tipo e subtipo, ainda que nas aplicações mais modernas o Internet Media Type seja o termo mais utilizado. Isso evidencia que ele pode ser utilizado fora das mensagens no formato MIME.

Por meio da utilização do tipo multipart, o MIME permite mensagens com vários tipos de construções em árvore. Alguns mecanismos suportados são os textos simples utilizando text/plain, os textos com arquivos anexos, respostas com anexos originais, conteúdo alternativo usado quando uma mensagem é enviada em texto simples e um cliente de e-mail o transforma em HTML para o destinatário, além de outros modelos de mensagens.