Nenhum smartphone Sony de quatro núcleos até 2013

Por André Fogaça | 02 de Março de 2012 às 16h38

Quando começaram a aparecer smartphones com o sistema operacional Android e equipados com chips de dois núcleos, a Sony não foi a primeira a adotar a novidade em seus modelos. A história está se repetindo com os novos quad-cores, que foram apresentados na Mobile World Congress deste ano.

Este dado foi apresentado por Stephen Sneeden, que é o diretor de marketing de produtos da marca nipônica., durante uma entrevista para o site CNET Asia. Para o executivo, a adição de mais dois núcleos aos já existentes aumentam o consumo de energia e transformam o sistema inteiro em um vampiro dos watts. Argumento bom o suficiente para a Sony aguardar uma melhor eficiência energética para que seus primeiros quad-cores apareçam no mercado.

Xperia P

Sony Xperia P

Além do consumo exacerbado, Sneeden afirmou que o ganho de desempenho não é tão grande assim para valer a pena inserir uma bateria com maior capacidade de carga, o que vai encarecer o produto e deixá-lo maior e mais pesado.

Atualmente a Sony está trabalhando na transição de seus atuais processadores para outros com arquitetura Cortex A15, que aparentemente tem uma velocidade maior do que os quad-core, mantendo apenas dois núcleos. Infelizmente não foram divulgadas as datas oficiais para a Sony adotar os processadores quad-core, apenas o ano: 2013.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.