Internet das Coisas: Telefônica lança módulos que podem ser montados como LEGO

Por Redação | 22 de Outubro de 2014 às 16h30

Nesta terça-feira (21), na Espanha, a Telefônica anunciou o lançamento de uma solução de Internet das Coisas (IoT) que a empresa alega ser o primeiro pruduto comercial do segmento. Batizada de Thinking Things, a solução é uma plataforma aberta e modular de conectividade que funciona com conectividade 2G. O sistema é plug-and-play e a ideia é que os consumidores possam utilizar seus blocos como peças de brinquedos similares ao LEGO. Com elas, é possível conectar objetos sem nenhum conhecimento sobre programação ou instalação de infraestrutura adicional para o funcionamento.

A Telefônica pretende que a Thinking Things Open se torne um sistema que possa integrar qualquer produto. Para que isso aconteça, o hardware é aberto e concebido em colaboração com a plataforma aberta Arduino, que consiste na prototipagem eletrônica criada com o objetivo de permitir o desenvolvimento de controle de sistemas interativos, de custo baixo e acessível para o público.

A plataforma oferece conectividade 2G para a Europa, Estados Unidos e América Latina e a expectativa é que os desenvolvedores possam utilizar a API para criar suas próprias soluções de IoT. A plataforma custa a partir de 90 euros.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

No primeiro projeto do Thinking Things, o grupo espanhol disponibiliza uma solução ambiental com um conjunto de módulos de controle e gestão remota de luz, temperatura e umidade local onde os dispositivos estão instalados. A partir deste núcleo é possível adicionar outros módulos para que mais funções possam ser executadas, como detecção de pressão, impacto e movimento.

Para fazer isso, basta que as peças sejam montadas como no LEGO para que se conectem à plataforma aberta da empresa na nuvem. Uma vez feita a conexão, é da plataforma que se obtém informações sobre os parâmetros definidos e se executa as ordens previamente programadas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.