Google anuncia que irá realizar novos cortes na Motorola Mobility

Por Redação | 04.10.2012 às 14:35

O Google anunciou nesta quinta-feira (4), em um documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários, que vai reestruturar novas áreas da Motorola Mobility e, com isso, irá realizar mais cortes de postos de trabalho. As informações são do CNET.

A empresa afirmou que os cortes ocorrerão fora dos Estados Unidos e que gerarão aproximadamente US$ 300 milhões (cerca de R$ 606 milhões) com gastos trabalhistas. O Google ainda espera incorrer US$ 90 milhões (algo em torno de R$ 181 milhões) com taxas de saída de mercado, embora apenas US$ 40 milhões (R$ 80 milhões) serão pagos neste trimestre.

No início deste ano, o Google concluiu a compra da divisão da Motorola por US$ 12,5 bilhões (cerca de R$ 25 bilhões) e, desde então, sua atual proprietária vem reduzindo a estrutura da produtora de aparelhos móveis consideravelmente. Em agosto, a gigante da Web afirmou que iria cortar mais de 4 mil postos de trabalho da Motorola, o equivalente a 20% de toda sua mão de obra.

Com as novas medidas, o Google acredita que a Motorola Mobility voltará a ser uma empresa lucrativa e altamente competitiva no mercado e, para isso, a divisão passou a investir muito mais na produção de smartphones ao invés de simples telefones celulares.

E a companhia ainda afirmou no comunicado que a Motorola está dando sinais de progresso com as ações de reestruturação, o que fará o Google investir ainda mais nesse processo.