Empresas de tecnologia se unem para criar padrão para internet das coisas

Por Redação | 10 de Dezembro de 2013 às 16h00

Uma união entre 23 empresas de tecnologia está criando a AllSeen Alliance, iniciativa que tem como objetivo fazer com que aparelhos como câmeras, televisores inteligentes e todo tipo de dispositivo conectado conversem entre si. É a chamada Internet das Coisas, um conceito que ganha agora sua primeira empreitada de padronização.

O objetivo é criar sistemas que conversem entre si, permitindo que equipamentos de marcas diferentes possam se enxergar e trocar informações dentro de uma mesma rede. Assim, toda a estrutura de uma casa ou negócio, por exemplo, poderia ser controlada de um computador central ou ter funções integradas que funcionam de forma automática por meio de uma conexão com a internet.

As empresas envolvidas são as seguintes: LG, Sharp, HTC, Qualcomm, Panasonic, Cisco, Haier, Silicon Image, TP-LINK, Canary, doubleTwist, Fon, Harman, Le Shi, Lifx, Liteon, Moxtreme, Musaic, Sears Brand Management Corporation, Sproutling, The Sprosty Network, Weaved e Wilocity. Trata-se da maior congregação de empresas do tipo e todas contam, ainda, com o apoio da Linux Foundation na criação de sistemas integrados.

As pesquisas, é claro, estão apenas no início e a AllSeem Alliance espera contar com a entrada de outras companhias do segmento. Mas, de acordo com o VentureBeat, mesmo a ausência de alguns grandes players desse mercado não significa um fracasso da iniciativa, e sim apenas uma velocidade menor na adoção da tecnologia. Uma vez que equipamentos conectados estiverem em voga, mesmo aqueles que não fazem parte da união acabarão seguindo a onda.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.