Em São Paulo, SET Broadcast & Cable traz novidades do setor de telecomunicações

Por Rafael Romer | 21.08.2013 às 06:25

Começou ontem (21), em São Paulo, a 22ª edição do SET Broadcast & Cable, o maior evento de engenharia de televisão, radiodifusão e telecomunicações da América Latina. O evento reúne cerca de 200 expositores do setor e espera mais de 10 mil visitantes nos seus três dias de realização.

Na área de exposições, os destaques ficam com as câmeras profissionais e semi-profissionais, que dominam o salão principal do evento. No estande da japonesa Sony estão expostos os novos modelos de câmeras profissionais, como a NEX-EA50H, recém-chegada no país. Voltada para os usuários chamados de "prosumers", consumidores finais que necessitam de material profissional, a câmera possui algumas funções voltadas para ajudar esse tipo de produção, como adaptador para qualquer lente disponível no mercado. "Ela é voltada para aquele videomaker que está começando, autônomo", explica a Gerente de Produtos para Broadcasting, Paula Cruz. "Se o cara já tem um arsenal de lentes, ele pode colocar um adaptador e utilizar qualquer uma".

GoPro Sony

A japonesa também apresentou pela primeira vez sua action cam HDR-AS15, concorrente direta da GoPro, durante o evento. A câmera virá equipada com Wi-Fi integrado e Kit Surf incluso, com suporte para fixação em superfícies planas e curvas, além do suporte adesivo flexível para esportes aquáticos. O equipamento também terá diversos suportes adicionais, como para bicicleta, para cabeça, para cachorros e até cases à prova d'água. A HDR-AS15 chega ao mercado brasileiro no próximo dia 31 de agosto pelo valor de R$ 999.

Também está exposto no estande da japonesa o modelo de 65 polegadas do televisor 4K da marca, o X905, apresentado ao mercado brasileiro em maio deste ano. A Sony promove atualmente uma série de iniciativas para o desenvolvimento de conteúdo 4K no mercado brasileiro, na tentativa de criar uma demanda pelo novo padrão de resolução Ultra FullHD.

A empresa realizou, recentemente, a gravação de jogos da Copa do Brasil em 4K, além de parcerias para produção da novela Carrossel, do SBT, e do clipe da banda jovem P9 no mesmo padrão. A espectativa é que toda a Copa do Mundo de 2014 no Brasil já tenha seu conteúdo disponibilizado também em 4K pela Sony.

sony x905

Custando atualmente a partir de R$ 12 mil no mercado brasileiro, a tecnologia ainda está fora do alcance de grande parte da população brasileira – que se encontra no processo de adoção de televisores Full HD. Mas a espectativa da Sony é que o preço dos dispositivos sofra um redução nos próximos meses, forçada, principalmente, pelo aumento de interesse, produção de conteúdo e barateamento de componentes. “Em que momento ele vai baixar é difícil falar, mas é economia de escala. Se houver economia de escala mundial do 4K, o preço vai caindo e nós vamos absorvendo essa queda. A questão é se vamos ter a economia de escala até a Copa do Mundo”, avalia o Diretor de Marketing e Vendas de Soluções Profissionais da Sony, Luiz Padilha.

Dedicada às tecnologias voltadas para o produção sonora, a Yamaha apresentou o novo sistema integrado Nuage, da recém-adquirida empresa de software de produção musical alemã Steinberg, lançado em maio deste ano no Brasil. Voltado para grandes e médios estúdios de produção musical, cinema, broadcast, games e até de publicidade, a mesa de som integra dois softwares diferentes: o Nuendo 6, que traz uma nova interface de mixagem em relação à geração anterior, e o Cubase 7, que agora traz um novo assistente de acordes para mixagem. Também é possível integrar o software para masterização e restauração de áudio WaveLab 8, que possui um novo sistema de gerenciamento de alto-falantes.

A empresa trouxe ainda as novidades na linha de monitores de referência HS, com os tradicionais cones brancos da Yamaha, o HS 5, HS 7, HS 8 e o sub-woofer HS 8S. “Em comparação uma com a outra, elas têm uma melhoria na resposta de freqüência, enquanto a potência é praticamente a mesma”, explica o representante da Steinberg, André Andreo. “Não são caixas para se ter em casa, são monitores flat que servem para você ouvir todas as freqüências de uma maneira homogênea, ideal para mixar um áudio e ter um julgamento correto de equalização”. As caixas podem ser montadas em conjunto com o sistema de áudio Nuage. Já disponíveis para o mercado brasileiro, o preço dos equipamentos varia conforme a quantidade de sistemas integrados. A Yamaha afirma ter pronta entrega dos produtos até o final do ano.

A Epson apresenta pela primeira vez no país sua linha de projetores profissionais Pro G, com dez dispositivos diferentes com luminosidade que varia de 4 mil a 7 mil lumens. "A ideia aqui é mostrar para vários visitantes de diferentes áreas o que pode ser feito com projeção profissional", afirma Gabriel Gonçalvez, Gerente de Produto para América Latina da Epson. No estande são mostrados três conceitos para projeção profissional que podem ser aplicados com os equipamentos da linha Pro G: o Edge Blending, que consiste na criação de uma única imagem com múltiplos projetores; o recurso da Corner Wall, que possibilita a projeção de imagens em quinas de até 90 graus; e o Mapping, que é a projeção sobre superfícies irregulares. Os produtos devem estar disponíveis no mercado brasileiro a partir de setembro.

Para quem quiser aprender um pouco mais sobre como é feito o broadcasting de programas de televisão, a área externa da SET Broadcast & Cable 2013 também conta com uma Unidade Móvel de 12 metros da Casablanca Online, fornecedora de serviços de transmissão ao vivo via satélite. Chamada de BR1, a central de broadcasting foi idealizada com base no padrão de qualidade de grandes broadcasters brasileiros e contabiliza participações em grandes eventos do calendário esportivo nacional, como Fórmula Indy, X-Games, UFC e Copa das Confederações.

O SET Broadcast & Cable agrega ainda o Congresso SET de Rádio e TV, realizado pela Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão, que trará palestras e debates com o objetivo de discutir as tendências, novidades e dificuldades do cenário atual do broadcasting no Brasil e no mundo. Entre os principais assuntos que serão discutidos no evento está a nova geração de televisores 4K, o "Switch Off" da televisão analógica no Brasil, previsto para 2015, e os desafios e conveniências da mobilidade e do 4G.