Cientistas criam fio para fone de ouvido que pode ser esticado até 8 vezes

Por Redação | 31.12.2012 às 10:15
photo_camera AGirlPlanet

Cientistas da Universidade Estadual da Carolina do Norte, Estados Unidos, acabam de criar um fio para fones feito de metal líquido que é capaz de ser esticado até 8 vezes mais do que seu tamanho original sem interromper o som.

O método usado pelos cientistas preenche um tubo de polímero elástico com uma liga de metais em forma líquida, que proporciona a passagem da corrente elétrica. A solução é capaz de manter a condução elétrica e do som, e esticar o fio sem rompê-lo.

"Os esforços anteriores para criar fios elásticos focavam na incorporação de metais ou outros condutores elétricos em polímeros elásticos, mas isso gera um conflito", afirmou em nota oficial Dr. Michael Dickey, professor assistente de engenharia química e co-autor de um artigo sobre a pesquisa. "Aumentar a quantidade de metal aumenta sua condutividade, mas diminui sua elasticidade. Nossa nova abordagem mantém os materiais separados para que você tenha o máximo de condutividade sem prejudicar a elasticidade. Resumindo, nossos fios são em ordem de grandeza mais elásticos do que os fios mais condutores, e pelo menos em uma ordem de magnitude são mais condutores do que os fios mais elásticos disponíveis atualmente".

Fio elático

Foto: Reprodução

Mesmo sendo produtos fáceis de serem produzidos, os cientistas afirmam que um problema em sua produção deve ser resolvido antes dos fios flexíveis estarem disponíveis no mercado. O principal problema do fio é que caso ele seja cortado, pode ocorrer o vazamento dos líquidos metálicos.

Confira abaixo um vídeo demonstrativo da elasticidade do novo fio: