Canonical anuncia smartphone Ubuntu Edge e ele parece muito, mas muito legal

Por Pedro Cipoli | 22 de Julho de 2013 às 14h56

Aqui no Canaltech já publicamos algumas notícias sobre o Ubuntu OS e alguns detalhes sobre como essa nova plataforma móvel irá funcionar, mas até então não havia nada de muito concreto. Agora a Canonical, empresa por trás do desenvolvimento do Ubuntu (tanto na versão desktop como mobile) fez um anúncio oficial do primeiro aparelho projetado para rodar o Ubuntu OS: o Ubuntu Edge.

O aparelho por si só já chama bastante atenção, uma vez que estamos falando de algo que o usuário poderá utilizar tanto como um smartphone convencional quanto um desktop completo, onde ele poderá escolher qual forma utilizar na hora de iniciar o aparelho. Segundo Mark Shuttleworth, fundador do Ubuntu, "O Ubuntu Edge será a convergência máxima entre PC e smartphone, desafiando a diferenciação entre um e outro".

Para isso, especificações não faltam e o Ubuntu Edge poderá trazer 128 GB de armazenamento flash, 4 GB de memória RAM e, segundo o release oficial, também "o processador mais atual e rápido disponível". Não se sabe se é um modelo ARM utilizado nos smartphones atuais (onde o mais rápido atualmente é o Snapdragon 800 da Qualcomm) ou um x86 de PCs de mesa tradicionais, o que não seria uma surpresa já que a Intel já possui modelos à venda no mercado, como é o caso do Razr i.

Ubuntu Edge

Quer mais? A Canonical promete uma tela com resolução HD (1280x720) de 4,5 polegadas e construída em safira em vez do vidro convencional, o que não só resultará em uma qualidade de cores sem precedentes como também só poderá ser arranhada por diamante. As conexões não ficam para trás e o Edge trará uma antena especial dual-LTE (4G), resultando em velocidades massivas em redes móveis (quer dizer, não no Brasil né?), além de empregar uma tecnologia mais avançada de bateria.

As outras especificações incluem uma câmera traseira de 8 megapixels e frontal de 2 megapixels com "qualidade sem precedentes sob pouca luz", NFC, Bluetooth 4.0 e assim por diante, ou seja, o pacote completo. Inicialmente serão produzidas somente 40.000 unidades com preços de $600 no primeiro dia e $830 do segundo dia em diante. Mas isso só acontecerá se o projeto angariar US$32 milhões (cerca de R$ 70 milhões) em 30 dias pelo site Indiegogo.

Segundo Victor Palau, VP Mobile Delivery da Canonical, "a ascensão dos smartphones e o reconhecimento de que produtividade ainda exige o formato PC sugere uma ótima oportunidade para uma verdadeira convergência". Nada como carregar o PC no próprio bolso e ainda utilizá-lo como smartphone, correto? E você, usuário? Acha que o Ubuntu Edge fará sucesso em um cenário dominado por Androids e iPhones? Conte para nós nos comentários!

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.