Blackberry anuncia investimento de U$ 1 bilhão e demissão de funcionários

Por Redação | 14 de Novembro de 2013 às 17h33
Tudo sobre

BlackBerry

A BlackBerry revelou hoje (14) que já concluiu a captação do financiamento de U$ 1 bilhão em investimentos privados, anunciada anteriormente, através da Fairfax Financial Holdings Ltd. e um consórcio de outros investidores.

A empresa anunciou o plano de investimento de debêntures conversíveis em ações com a Fairfax na semana passada, depois que a companhia decidiu abandonar os planos de encontrar um comprador. A transação foi a forma encontrada pela fabricante canadense de smartphones para evitar a venda para a própria Fairfax, que havia assinado carta de intenção de compra no valor de US$ 4,7 bilhões, ou para outro interessado — a chinesa Lenovo era uma das candidatas.

Como parte do acordo, o presidente-executivo Thorstein Heins concordou em ceder seu cargo para o ex-presidente executivo da empresa Sybase Inc., John Chen – que recentemente serviu como conselheiro sênior de tecnologia da Silver Lake Partners, segundo o Financial Post.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Estou animado para me unir a esta marca icônica em um momento tão importante de sua história", disse Chen. "Estou ansioso para liderar a BlackBerry na busca de uma transformação bem-sucedida e recuperar a posição de empresa inovadora no mercado. Acredito no valor da marca e estou confiante que vamos reconstruir a BlackBerry para o benefício de todos os nossos clientes".

Chen deve ficar no cargo até terminar a reestruturação da empresa e o processo de busca por um novo CEO.

Como parte da reorganização, além do rebaixamento de Thorstein Heins, a empresa informou que vai demitir 200 funcionários de sua sede em Irvin, no Texas. De acordo com o All Things D, a notificação de ajustamento e reciclagem já foi protocolada e, nos próximos meses, são esperados mais cortes de funcionários. Segundo o plano de reestruturação, a empresa deve demitir aproximadamente 4.500 funcionários ao redor do mundo nos próximos três trimestres.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.