BlackBerry anuncia BlackBerry Enterprise Services para Android e iOS

Por Pedro Cipoli | 15 de Outubro de 2013 às 16h06
photo_camera Pedro Cipoli/Canaltech

Em evento realizado hoje em São Paulo, a BlackBerry anunciou o suporte do BlackBerry Enterprise Services para Android e iOS. Antes restrito somente aos Blackberrys Z10 e Q10, o BES divide o smartphone em área pessoal, na qual o usuário está no comando e pode utilizar qualquer tipo de aplicativo, e área corporativa. A área corporativa passa a ser gerenciada somente pelo gerente de TI da empresa, que escolhe quais aplicativos instalar para utilizar no trabalho.

01 - BES rodando em um iPad

BES para iOS (Foto: Pedro Cipoli/Canaltech)

A vantagem dessa abordagem, que é basicamente um port do BlackBerry Balance do Z10 para outras plataformas, é o foco na segurança de e-mails e arquivos corporativos, já que, sem uma senha, não é possível acessar os arquivos relacionados a trabalho, contando inclusive com criptografia nativa e um sistema de arquivos separado. Tudo da área corporativa passa a ser gerenciado pelo gerente de TI, que tem acesso aos dados do usuário e pode fazer alterações remotas se necessário, como por exemplo excluir todos os dados em caso de perda ou roubo.

02 - Dashboard do BES

BES (Foto: Pedro Cipoli/Canaltech)

É importante destacar dois fatos: um deles é que o BES não irá funcionar caso o seu aparelho seja rootado (Android) ou tenha um jailbreak (iPhone), dependendo da política da empresa, que poderá desativar os serviço de forma remota. Outro é que, embora esteja nos planos da empresa, ainda não há suporte para o Windows Phone. Segundo a BlackBerry, isso acontece devido à baixa popularidade da plataforma.

03 - Recursos BES

BES (Foto: Pedro Cipoli/Canaltech)

Para empresas e usuários que já gostavam do BES mas tinham migrado para outra plataforma, essa é uma excelente opção de unir os dois mundos, já que basta baixar o client na loja de aplicativos (BES10 Client) e ativar o serviço. Empresas, em especial as de grande porte, não veem com bons olhos seus funcionários acessando serviços de e-mail, como o Exchange (Microsoft) ou Lotus (IBM), em uma internet pública, e normalmente os bloqueia. Com o BES, é possível fazer isso de forma mais segura, através de uma conexão proprietária da BlackBerry (que em muitos sentidos lembra uma VPN).

04 - Recursos BES 02

BES (Foto: Pedro Cipoli/Canaltech)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.