Análise: Kingston HyperX Cloud II Pro Gaming Headset

Por Pedro Cipoli
photo_camera Pedro Cipoli/Canaltech

A Kingston fez uma boa fama como fabricante de componentes para PC. De SSDs até memórias RAM, a empresa possui uma extensa linha de produtos que alia qualidade com um bom custo-benefício na maioria dos casos. Sua linha HyperX foge um pouco dessa regra, trazendo um custo-benefício menor, mas uma qualidade maior, e por isso passou a ser vista como uma linha “premium” de produtos pelo público.

Porém, quase todos os produtos ficavam restritos a componentes, não acessórios, e por isso o HyperX Cloud Pro chegou ao mercado com uma certa desconfiança, já que, até então, a Kingston não tinha se aventurado em acessórios gamer, além de trazer um preço menor do que o cobrado pelos concorrentes. No final das contas, ele acabou se revelando um headset de altíssima qualidade, com análises mostrando que ele correspondeu às expectativas.

Agora está na hora de conhecer a segunda edição do HyperX Cloud Pro, e podemos adiantar que ele é um dos headsets mais bacanas que vimos aqui no Canaltech. Em primeiro lugar, vale ressaltar que ele é um produto all-in-one, já que funciona tanto no smartphone com uma interface P3, quanto no computador com interface USB, e pode ser portar como uma unidade DSP e ser capaz de emular áudio com até 7.1 canais virtuais.

No total, é possível ter um cabo de até 3 metros de comprimento: 1 metro com o cabo fixo no microfone (interface P3), mais 2 metros com o adaptador USB 2.0, comprimento o suficiente para alcançar os desktops mais bem escondidos atrás da mesa sem problemas. O controle do cabo de expansão permite controlar o volume do microfone e drivers individualmente, além de trazer um botão para habilitar a emulação 7.1 que fica aceso quando ativo.

Não é necessário instalar nada para que esse recurso funcione: basta plugar o cabo de expansão em uma porta USB que a configuração é feita de forma automática, selecionando-a como reprodutor e gravador de som padrão do Windows. Vale lembrar que o Cloud II Pro pode ser utilizado normalmente em qualquer interface P2 ou P3 (com microfone), como qualquer headset convencional.

Kingston HyperX Cloud II Pro

O microfone é destacável, assim como acontece com o HyperX Cloud original, trazendo uma proteção de silicone que, acredite: você irá perder logo nos primeiros dias devido ao tamanho pequeno. Em nossos testes, percebemos que o microfone melhorou, e muito, desde a versão original, se utilizado com a placa USB, que atenua ruídos digitalmente. Sem a placa, o desempenho é basicamente o mesmo da versão original.

Kingston HyperX Cloud II Pro

Um ponto que vale destacar é qualidade da construção, que mistura metal com superfícies emborrachadas, e aliado com a alça de couro sintético, resulta em uma das melhores construções que vimos até hoje, já que a maioria dos headsets gamer na mesma faixa de preços utiliza somente plástico brilhante. Inclusive, o detalhe “HyperX” costurado na parte de cima dá um toque todo especial.

Kingston HyperX Cloud II Pro

Conforto é outro ponto positivo, tanto com a espuma revestida de couro padrão quanto a de tecido, que vem como um extra na embalagem. Por ter conchas totalmente fechadas, o que já resulta em um sistema passivo de cancelamento de ruído, a atenuação de barulhos externos já é perceptível mesmo sem escutar qualquer tipo de som.

E quanto à qualidade? Estamos falando de um headset gamer, de forma que rodamos alguns jogos para testar a emulação 7.1, e ela funcionou perfeitamente em games como FarCry 3 e 7 Days to Die, assim como filmes. Na verdade, funcionou bem com qualquer fone de ouvido que plugamos na placa USB, já que a emulação é virtual.

Kingston HyperX Cloud II Pro

Testamos algumas músicas, já que as especificações do driver de 53 mm são bastante promissoras (resposta de frequência de 15 Hz – 25 kHz), e a Kingston garante que se trata de um driver Hi-Fi. Para sermos sinceros, não reparamos grandes diferenças em relação ao Cloud original quando o utilizamos individualmente.

Ao utilizá-lo com a placa USB a situação muda radicalmente, com um bom nível de fidelidade sonora na maioria das situações, mas esperávamos um pouco mais nos graves, ainda mais por se tratar de um sistema fechado. Certamente não agradará os audiófilos, mas tem qualidade suficiente para a maioria dos usuários, e não ficamos decepcionados mesmo depois de escutar uma longa playlist no Spotify que incluía desde músicas clássicas a dubstep.

Kingston HyperX Cloud II Pro

Na embalagem há também uma bolsa de transporte com um bom nível de proteção, em especial para não machucar as partes emborrachadas, e que também vem com um compartimento extra com zíper (ideal para guardar a tampa de proteção da entrada de microfone). Testamos o aparelho em um PC com Windows 8, mas ele também é compatível com consoles, como PlayStation 3/4 e Xbox 360/One.

Conclusão

O Kingston HyperX Cloud II Pro Gaming Headset (baita nome, não?) chegou ao mercado brasileiro com o preço sugerido de R$ 499,90. Vale a pena? Vale, já que ofereceu um bom nível de qualidade em todos os quesitos, indo da construção até a qualidade sonora, de forma que não encontramos defeitos mesmo depois de procurar muito.

Para nós, há espaço para melhorar, ainda que sejam detalhes, mais do que apontar problemas. Por exemplo, por se tratar de um headset all-in-one, com uma boa modularização de cada uma das partes, esperávamos que o cabo de áudio fosse destacável do headset para facilitar o transporte, além de permitir que o usuário troque somente o cabo, caso apresente defeitos com o passar do tempo.

Outro ponto é o microfone, que melhorou consideravelmente em relação ao Cloud original, mas com diferenças perceptivas somente quando utilizado com a placa USB. De qualquer forma, é difícil não gostar do Cloud II Pro, já que oferece um nível altíssimo de qualidade pelo preço, isso no segmento no qual fabricantes cobram caro sem oferecer tanto em troca.

Em um mercado acostumado com “produtos de luxo” da Razer, SteelSeries, Tt e Corsair, produtos como o Cloud II são extremamente bem-vindos e se destacam na multidão. Ficamos até ansiosos para ver se um dia a Kingston resolve fabricar mouses, teclados e outros acessórios para gamers, seguindo a mesma propostas.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.