Alibaba aposta US$ 10 milhões no console Ouya

Por Redação | 30 de Janeiro de 2015 às 14h17

Não é novidade que a Alibaba, uma das empresas líderes no comércio eletrônico na Ásia, tem intenção de ser muito mais do que isso. E seu mais recente investimento é focado no mundo dos games, com um aporte de US$ 10 milhões para integrar a oferta de jogos Android do Ouya, um dos pioneiros no mundo dos consoles com o sistema operacional, a seus próprios set-top boxes.

A ideia, aqui, é criar uma solução própria e dedicada, porém, semelhante a algumas coisas que já vimos antes. Quem conheceu as propostas da Razer e do Google com o Forge TV ou o Android TV sabe mais ou menos do que estamos falando – um aparelho conectado à televisão e com foco em entretenimento e consumo de mídia, mas também com uma oferta considerável de jogos que justifica, até mesmo, o lançamento de um joystick dedicado única e exclusivamente para esse fim.

Com uma história de sucesso no Kickstarter, o Ouya chegou ao mercado cheio de possibilidades, mas acabou não vingando, seja por causa de sua arquitetura própria, baixa qualidade de periféricos e, acima de tudo, pouca oferta de títulos exclusivos. Como console, o aparelho não foi para frente, enquanto propostas de empresas maiores como as já citadas, além da Amazon e da Madcatz, começaram a ganhar espaço com foco não apenas em jogos, mas também em entretenimento e acesso à internet.

É justamente por isso que a startup começa a se distanciar desse foco exclusivo e começa a fechar parcerias como a citada pelo americano The Wall Street Journal, com o Alibaba. No mercado chinês, ela também é aliada da Xiaomi para colocação de seu portfólio de jogos nos smartphones, tablets e set-top boxes da companhia. O negócio com a gigante do e-commerce, porém, ainda não estaria confirmado, mas sim, bem próximo da concretização.

Para a companhia investidora, trata-se de um movimento para, literalmente, entrar na sala das pessoas. Aproveitando-se da pouca influência de empresas ocidentais no mercado chinês, a Alibaba vem tomando diversas iniciativas para se consolidar nos mercados de eletrônicos e bens de consumo, aproveitando-se de sua ampla experiência e confiabilidade no mundo do e-commerce. Enquanto isso, estende seu abraço também para o lado de cá do mundo, depois de uma das maiores aberturas de capital da história.

Oficialmente, as empresas não se pronunciaram sobre o assunto. Não se sabe, também, de que forma será feito o investimento do Alibaba no Ouya, se por meio de parcelas da empresa ou uma efetiva compra de parte dela.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.