Algoritmo é capaz de prever onde você estará nas próximas 24 horas

Por Redação | 17.07.2013 às 09:20

Uma equipe de pesquisadores britânicos desenvolveu um algoritmo que usa os dados de rastreamento nos telefones das pessoas para prever onde elas estarão em 24 horas. O mais impressionante é que a margem de erro é de apenas 20 metros.

Estudos anteriores já foram capazes de prever os movimentos futuros das pessoas, mas não com precisão e sucesso tão grandes. O que acontece é que a maioria dos humanos segue padrões consistentes, mas a maioria dos algoritmos não consegue se ajustar às quebras na rotina.

Os pesquisadores Mirco Musolesi, Manlio Domenico e Antonio Lima, da Universidade de Birmingham, Inglaterra, resolveram esse problema com a combinação de dados provenientes do rastreamento do telefone de um participante com o rastreamento de dados de seus amigos, ou seja, de outras pessoas que façam parte dos contatos da agenda de seu dispositivo móvel, conforme explica o site Slate.

Ao analisar a maneira como os movimentos de um indivíduo se correlacionam com os de outra pessoa que eles conhecem, o novo algoritmo é capaz de adivinhar quando ela está indo para o centro da cidade assistir a um show em uma tarde de domingo em vez de cumprir sua rotina e ficar no bairro onde trabalha para almoçar, por exemplo.

O estudo rendeu à equipe da Universidade inglesa o primeiro lugar no "Nokia Mobile Data Challenge", concurso que premia pesquisadores que apresentam estudos relacionados a dados móveis que são avaliados por um comitê com base nos critérios como novidade, qualidade de contribuição, entre outros.

Por enquanto, o algoritmo foi utilizado apenas em dispositivos móveis dedicados a testes, mas será que ele funcionaria na vida real?