Acer poderá encerrar parceria com a Microsoft se o tablet Surface for lançado

Por Redação | 08.08.2012 às 14:15 - atualizado em 08.08.2012 às 16:03

A Acer afirmou que está considerando encerrar a parceria com a Microsoft e, consequentemente, com seu sistema operacional Windows, se a empresa lançar o tablet Surface. O gadget está previsto para ser apresentado no dia 26 de outubro, junto com o Windows 8.

De acordo com o Financial Times, os executivos da empresa estão avaliando se continuarão a parceria, já que com o lançamento do tablet a Microsoft passará a competir diretamente com os produtos de hardware que utilizam seus softwares.

"Falamos para a Microsoft pensar sobre isso. Pense duas vezes. Ele vai criar um enorme impacto negativo para o ecossistema e outras marcas podem ter uma reação negativa", afirmou JT Wang, CTO da Acer. "Não é algo no qual vocês são bons, pensem duas vezes".

Segundo o PC World, a reação da Acer é algo que a Microsoft já previu durante sua apresentação na Comissão de Segurança e Troca dos Estados Unidos. "Os nossos dispositivos Surface irão competir com os dispositivos feitos pelos nossos parceiros OEM, o que pode afetar o seu compromisso com a nossa plataforma", afirmou a empresa.

Analistas afirmam que mesmo com a ameaça da Acer e de possíveis outros parceiros, essas empresas não têm para onde ir, ou seja, não têm com quem fechar novas parcerias para continuar a competir no mercado. Até mesmo o Google utiliza o hardware da Asus para fabricar seu tablet Android Nexus 7.

E a Microsoft iniciou sua produção de hardware por acreditar que seus parceiros não seriam capazes de produzir aparelhos de alta qualidade capazes de explorar todos os recursos do Windows 8.

Microsoft Surface

A Microsoft já previa o descontentamento dos seus parceiros