90% da população acima de seis anos terá celular em 2020, prevê Ericsson

Por Redação | 19.11.2014 às 10:25

A Ericsson publicou nesta terça-feira (18) um relatório que aborda a mobilidade atual e suas tendências para os próximos anos. O estudo prevê, por exemplo, que o mercado de smartphones continuará crescendo e que as vendas continuarão fortes principalmente devido aos mercados da China e Índia, onde o número de usuários só cresce.

O estudo também aborda análises de dados para até a virada da próxima década e sugere que 90% da população com mais de seis anos de idade terá um telefone celular em 2020. Segundo a companhia, daqui a seis anos haverá pelos menos 6,1 bilhões de assinaturas ativas de smartphones no mundo. Atualmente, este número é de aproximadamente 2,7 bilhões, com previsão de 800 milhões de novas assinaturas em 2014.

ericsson estudo

Considerando o número de assinaturas móveis em todo o mundo, o número confirma que apenas 37% da população mundial possui um smartphone - o que desmente aquela sensação de que o mercado está saturado e não há mais para onde crescer. Uma das principais apostas para o crescimento previsto para os próximos anos é a troca de celulares tradicionais por modelos mais modernos e com mais recursos.

O relatório também aponta para outras tendências da mobilidade. Nos próximos anos, está previsto um aumento de dez vezes nas chamadas de vídeo por meio do celular e que esse tipo de chamada passe a representar 55% da quantia total de dados mobile trafegados. Atualmente, é o streaming de música e vídeo o responsável pela maior parcela de dados trafegados.

Fonte: http://www.ericsson.com/ericsson-mobility-report