Apenas 10% dos brasileiros sentem segurança em transações mobile

Por Redação | 06.06.2014 às 11:58 - atualizado em 06.06.2014 às 16:43

Uma pesquisa realizada pela Unisys Security Index mostrou que o Brasil está entre as nações que têm mais receio quanto à segurança de dispositivos móveis. Os dados revelam que apenas 10% dos brasileiros se sentem seguros para realizar transações pela internet do celular ou tablet.

Mesmo com a falta de confiança em relação à segurança na rede, 71% dos mais de 1.000 entrevistados afirmaram que realizam transações pelo celular ou tablet como compras online e acesso ao internet banking.

A pesquisa tem como objetivo medir a percepção do consumidor quanto à segurança pessoal, nacional, financeira e na internet. Entre os entrevistados, 32% declararam que não se sentem seguros em operações como inserir dados pessoais, endereço ou dados de cartões de crédito. Os dados também revelam que outros 29% dos entrevistados apresentam pouca segurança para o mesmo tipo de transferência de dados.

O Brasil está entre os países onde a população se sente menos segura. A pesquisa foi realizada em 12 países, nos quais o Brasil fica atrás apenas do México e da Malásia. O indicador vai de uma escala de 0 a 300 – quanto maior o índice, maior o nível de insegurança. O Brasil recebeu 187 pontos, mediante 173 em 2013, o que demonstra que a falta de confiança na internet aumentou no último ano. O país que apresentou um menor índice de insegurança foi a Holanda, com 66 pontos.

A pesquisa conclui que o brasileiro se sente inseguro ao usar a internet em dispositivos móveis, no entanto não abre mão desta plataforma para a realização de tarefas no dia a dia, disponibilizando seus dados mesmo quando não confia na rede. Para o diretor da Unisys Brasil, Marcelo Neves, o mercado oferece poucos dispositivos de segurança para os serviços móveis, mas há uma ilusão ao acreditar que o desktop ou o notebook não estejam tão vulneráveis a ataques quando conectados a uma rede pouco confiável ou sem a proteção necessária.