Google lança ferramenta para investigar todo o blockchain da Ethereum

Por Carlos Dias Ferreira | 03 de Setembro de 2018 às 18h56
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

A Google parece mesmo empenhada em facilitar o acesso a tecnologias baseadas no modelo blockchain. Pouco tempo depois de incluir o suporte para Bitcoin na sua ferramenta de big data BigQuery, a companhia agora disponibilizou uma maneira prática de conferir as idas e vindas de contratos inteligentes baseados na Ethereum.

Embora já existam vários serviços que tragam informações sobre carteiras e transações realizadas por meio da plataforma descentralizada, o que uma nova extensão do Google Chrome permite fazer é realmente acompanhar todos os fluxos de contratos baseados na tecnologia.

No gráfico abaixo, por exemplo, o BigQuery mostra todas as transferências baseadas em Ethereum – incluindo os valores transacionados. Trata-se de um tipo de informação vital para fundamentar decisões de negócios, ou mesmo para acompanhar o desenvolvimento da arquitetura como um todo.

Gráfico gerado a partir do novo plugin para BigQuery mostra o fluxo total de transferências baseadas em Ethereum, incluindo o valor total transacionado. (Imagem: reprodução/Google).

Quantos “criptogatos” há por aí?

Em um momento de descontração, ainda é possível acompanhar todas as ninhadas de gatos virtuais geradas pelo aplicativo/jogo CryptoKitties – em que são mostrados todos os criadores com 10 gatos ou mais, com a cor das bolhas identificando o poder de procriação. Um tanto mais útil, a extensão permite também avaliar as transferências de tokens, tais como aquelas realizadas via OmiseGO (OMG).

Com a adição, o BigQuery também passa a poder efetuar comparações entre as funcionalidades de contratos inteligentes. Sem dúvida uma integração capaz de conferir uma liberdade de análise inédita, devidamente fundamentada em uma das ferramentas focadas em Big Data mais relevantes da atualidade – com a vantagem adicional de se inteiramente gratuita.

Quantas ninhadas de "criptogatos" o game CryptoKitties já gerou? Cada ponto indica 10 gatos ou mais, em que a cor indica o "poder de procriação". Ethereum também é diversão, afinal. (Imagem: reprodução/Google).

No caso da Ethereum, entretanto, é recomendado que se tenha um mínimo de conhecimento associado à programação de bases de dados, já que as consultas são feitas utilizando-se SQL. Por fim, a Google promete lançar em breve novas ferramentas de desenvolvimento, as quais devem incluir formas rápidas e fáceis para que os usuários criem seus próprios contratos e aplicações descentralizadas.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.