O site oficial da Tesla está vendendo algumas unidades do Model 3, ano 2021, com um aviso aos futuros proprietários: a bateria instalada no carro foi fabricada em 2017, ou seja, tem quase cinco anos de idade. E o que isso significa?

Isso quer dizer que o carro, mesmo sendo zero quilômetro, terá problemas na autonomia. Por conta disso, a Tesla informa, no ato da compra, que “o alcance talvez tenha uma defasagem de 12% por conta da idade da bateria”.

O Jalopnik foi a fundo na história e conseguiu completar quase todos os passos como se realmente estivesse comprando um carro anunciado com o alerta sobre a bateria. A descoberta levantou uma série de dúvidas, e não apenas a respeito da bateria e sua autonomia defasada.

Tesla 2017 com preço de 2021?

Uma das perguntas que, diga-se de passagem, não foram respondidas até agora pela Tesla é se o Model 3 que está sendo vendido foi realmente produzido em 2021 ou, assim como a bateria, é um veículo ano 2017, mas que está anunciado com o preço de um novo.

Anúncios do Tesla Model 3 mostram alertas sobre menor autonomia da bateria (Imagem: Reprodução/Jalopnik)

“Este veículo foi construído com uma bateria fabricada no início de 2017. Embora essa bateria fosse totalmente nova quando o veículo foi construído, as células têm capacidade reduzida devido à idade, e você pode esperar uma redução de até 12% no alcance da produção atual especificações”.

E a garantia da bateria? Como fica nesse caso? A Tesla também precisa responder se seguirá dando a original, de 8 anos ou 169 mil quilômetros percorridos, ou se ela começou a valer em 2017, ano em que foi produzida. Com a palavra, a montadora do bilionário Elon Musk...

Galeria - Tesla Model Y