A Samsung parece estar segura de que o formato da linha Galaxy Z Fold é um grande acerto, por isso a premissa básica é a mesma há três gerações. A aposta parece correta, já que os números mostram boas vendas para os dobráveis.

Porém, temos visto muitas patentes mostrando outros formatos possíveis que a empresa poderia adotar futuramente. E a revelação de hoje é certamente a mais... excêntrica. Apesar de preservar a ideia de desdobrar o celular para transformá-lo em tablet, este modelo também teria uma tela expansível na vertical.

Patente de Galaxy Z Fold com tela pop-up (Imagem: Reprodução/Let's Go Digital/Samsung)

Para facilitar a visualização, imagine que após aberto, esse suposto Galaxy Z Fold — ou o nome que possa receber — pode ganhar uma tela pop-up acima de uma de suas metades. Pelo desenho da patente, este fragmento adicional de display seria acionável por algo como um botão ou um slider para controle manual da ativação.

Pequeno frankestein?

Confuso? Se a resposta é sim, os documentos também mostram aplicações possíveis para esse display adicional. Ele poderia ser usado para expandir a visualização de uma conversa longa do WhatsApp; ser usado como espaço exclusivo do teclado — preservando a tela principal para a interface dos apps; ou funcionar com os controles de câmera, permitindo que o painel primário seja usado para enquadrar completamente a cena.

Possibilidades de uso da tela adicional do possível dobrável (Imagem: Reprodução/Let's Go Digital/Samsung)

A patente também mostra que este fragmento adicional de tela poderia ser usado mesmo quando o dobrável estivesse em modo celular/compacto.

Em todo caso, vale lembrar que o registro de uma patente não garante que a empresa vá produzir um dispositivo em escala comercial. Algumas ideias parecem ótimas para o dia a dia dos usuários — outras nem tanto.

De toda forma, as patentes da Samsung demonstram que a empresa quer avançar no segmento de dobráveis. Os painéis flexíveis certamente trazem possibilidade inúmeras e nunca houve uma oportunidade tão grande para as fabricantes saírem do básico.

Cabe destacar que no dia 4 de janeiro a sul-coreana sobe ao palco da CES 2022 para apresentar novidades. A feira tecnológica gosta de antecipar o futuro das telas — assim há a possibilidade da companhia contar um pouco dos seus planos lá.