O Collins English Dictionary, um dos mais conhecidos do mundo, elegeu o termo "Token Não Fungível" (NFT) como a palavra do ano em 2021. Embora não seja uma expressão tão nova, a escolha faz todo sentido, afinal o assunto explodiu em popularidade ao longo do ano, graças ao boom das criptomoedas.

Em imagem compartilhada pelo Collins, é possível notar que o dicionário descreveu um NFT como um "certificado digital de propriedade de ativo único como uma arte ou colecionável". A definição vai ao encontro da proposta dos tokens, de fato, e podem ajudar quem ainda não é familiarizado com o termo a entender esse fenômeno da blockchain.

Os tokens foram consagrados por um dos principais dicionários do mundo (Imagem: Reprodução/Collins)

O rival Oxford University Press foi por outro rumo e escolheu a palavra "vax", relacionada à vacina contra a Covid-19 e ao movimento dos que refutam os imunizantes. Embora vacina se escreva em inglês vaccine, os falantes da língua resolveram criar o termo vax como uma forma reduzida de falar e escrever sobre o tema.

NFTs ganham o mundo

Os NFTs têm diversas funcionalidades, mas ganharam forte apelo no mundo da arte digital por oferecer um selo de autenticidade inviolável, o que dá segurança para os investidores ou admiradores desse segmento. Os direitos de propriedade de uma obra do artista surrealista Beeple foram vendidos na Christie's em março por US$ 69 milhões (R$ 386 milhões em conversão direta), enquanto outro leilão mais recente arrecadou um valor histórico de US$ 28,9 milhões (R$ 156 milhões em conversão direta).

Mas houve também a explosão de um novo uso para os NFTs: os games online. Um exemplo já clássico são os duelos competitivos do Axie Infinity, mas existe uma infinidade de outros projetos no segmento a ponto de entrarem no radar de grandes companhias como a EA Games. Tem muita gente ganhando dinheiro com a compra e venda de NFTs voltados para jogos, mercado que cresce cada dia mais.

As pessoas buscam saber o que são esses tokens tão falados e a inclusão do termo em um respeitado dicionário é a prova de que o conceito começa a cair no gosto popular. Por enquanto, ainda não há notícias similares em dicionários brasileiros como o Aurélio ou o Houaiss, mas não seria surpresa se ambos introduzissem o termo em pouco tempo.