Se você costuma alugar carros em locadoras e é atento às letrinhas da placa, certamente já se perguntou por que praticamente todos os carros têm placas de Minas Gerais. E se você ainda não reparou nisso, pode reparar.

Mas qual exatamente o motivo para isso? A resposta, ao contrário do que se possa imaginar, não está no fato de a alíquota do IPVA cobrada no Estado ser menor do que em outros locais do Brasil. Afinal, enquanto o governo mineiro cobra 1%, o Rio de Janeiro, por exemplo, fixou em 0,5% o percentual para essa categoria.

Para saber o motivo dessa “invasão mineira”, o que fazer, “uai”? Com o perdão da brincadeira, o Canaltech consultou a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA) e recebeu resposta do presidente do órgão, Paulo Miguel Júnior. Segundo ele, “há uma percepção equivocada quando o assunto é o incentivo do governo mineiro sobre o Imposto sobre Veículos Automotores, o IPVA, pois Minas não possui o IPVA mais barato do país para locadoras".

Carros de locadoras têm, na imensa maioria, placas de Minas Gerais (Imagem: Divulgação)

“É fato que o Estado de Minas Gerais é atrativo para as locadoras, mas isso ocorre principalmente porque existem diferenciais no Detran mineiro, além de taxas menores para emplacamento, licenciamento e documentação. O prazo para o emplacamento é o mesmo dia da entrada da nota fiscal. Isso explica, mais do que a alíquota do IPVA, o fato de a maioria das locadoras que estão sediadas em Belo Horizonte ou que têm filiais em Minas registrarem seus carros por lá”.

O executivo da ABLA citou também que a menor burocracia de Minas Gerais no comparativo com outros Estados ajuda a agilizar todo o processo. “Entre os diferenciais oferecidos pelo Detran de Minas também está a ausência da vistoria para carro zero quilômetro. Nos demais Detrans o prazo de emplacamento vai de 3 a 20 dias”, comparou.

“Invasão” mineira em locadoras em números

De acordo com os números divulgados no anuário da ABLA, o total da frota licenciada de locadoras de carros em Minas Gerais bate de longe a de outros estados brasileiros.

Os números mostram que aproximadamente 64% dos cerca de 1,07 milhão de veículos de locadoras emplacados até o fim de novembro de 2021 no Brasil são “mineiros”. Vale pontuar que duas das maiores locadoras do país, Localiza e Unidas, estão sediadas na região.

São Paulo, com pouco mais de 11%, Paraná, com a mesma alíquota de Minas, com cerca de 6,5%, e Rio Grande do Sul, com 1,9%, vêm na sequência. O Rio de Janeiro, que cobra 0,5% de IPVA de locadoras, não aparece nem no Top 5.

De acordo com o UOL, o Detran de Minas Gerais informou que o Estado conta com um sistema que ajuda a agilizar o primeiro emplacamento - é o chamado SRAV, Sistema de Registro Automático de Veículos.

Paulo Miguel Júnior afirmou que, em breve, espera ver São Paulo adotar medidas similares, pois o IPVA de 4% cobrado das locadoras no ano de 2021 “desequilibrou fortemente a disputa” e afastou dos paulistas diversos benefícios, desde arrecadação até geração de empregos.

Galeria - Carros por assinatura disponíveis

Com informações UOL, ABLA