Série de ataques está derrubando sites de torrent em todo o mundo

Por Redação | 01 de Setembro de 2017 às 09h55

Uma série de ataques e problemas está afetando o funcionamento da maioria dos sites de torrent em todo o mundo, com golpes que vão desde negação de serviço até o sumiço completo de algumas plataformas, sem que os responsáveis tenham publicado explicações. A situação se desenvolve desde a terça-feira (29), com diversas situações diferentes.

O Pirate Bay, por exemplo, vem sendo vítima de ataques de negação de serviço ao longo de toda a semana, passando por diversos momentos de indisponibilidade. O mais recente aconteceu na madrugada desta sexta-feira (01), com o site ficando fora do ar durante algumas horas, enquanto seus servidores eram atingidos por uma gigantesca quantidade de solicitações que acabaram o derrubando temporariamente.

Enquanto isso, o IsoHunt permanecia inacessível há mais de uma semana, voltando a funcionar apenas nesta madrugada. Desde o último fim de semana, tudo o que os usuários encontravam quando tentavam acessar a plataforma era uma mensagem do serviço CloudFlare, justamente voltado para proteção contra golpes DDoS, indicando que os servidores em que o site de torrents está hospedado não respondiam às solicitações.

Situação parecida acontece com o TorrentProject, um repositório de links que realiza buscas simultâneas em boa parte dos serviços desse tipo. Ele também está inacessível há cerca de três dias, com um erro 403 sendo exibido para os visitantes, mais uma vez indicando problemas com os servidores, que podem ou não ter sido causados por um ataque de negação de serviço.

O pior caso, entretanto, é o do WorldWideTorrents, uma plataforma menos conhecida que surgiu no ano passado em resposta ao fechamento do KickassTorrents. Normalmente utilizado por fãs de quadrinhos em busca dos mais recentes lançamentos do setor, o site teve seus domínios suspensos, impedindo completamente qualquer tentativa de acesso.

Não se sabe, entretanto, quem foi o responsável pela solicitação e nem se ela foi feita a partir de um pedido das autoridades, algo que sempre passa pela cabeça quando se fala em situações desse tipo. Os responsáveis pelo WorldWideTorrents afirmam que dificilmente as URLs originais serão recuperadas, mas que já estão trabalhando para restabelecer o acesso a partir de outros endereços. Eles, por outro lado, não comentaram sobre quem teria sido o responsável pelos atos.

Os bloqueios e indisponibilidades se tornam ainda mais perigosos quando levam os usuários a realizarem buscas no Google pelos serviços, o que pode acabar levando-os a sites falsos. É o que acontece com o IsoHunt, por exemplo, que tem clones que levam ao download de soluções que, supostamente, entregariam acesso ao sistema de busca por torrents, mas na verdade são malwares disfarçados para roubo de dados e utilização de computadores em redes de dispositivos zumbis.

Como a maioria dos responsáveis pelos serviços não falou sobre o assunto, na maioria das vezes apenas relatando aumentos repentinos no tráfego e a realização de ataques DDoS, não dá para saber ao certo o que está acontecendo. Principalmente, não existem informações sobre um possível ataque arquitetado por empresas de mídia e detentores de direitos autorais, uma vez que nenhum destes também falou sobre o assunto.

Fonte: TorrentFreak

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.