Pirataria avança sobre Netflix e Amazon e já traz vídeos em 4K para download

Por Redação | 30 de Novembro de 2015 às 12h09
photo_camera Foto: Reprodução

Depois dos serviços de streaming terem tirado muita gente da ilegalidade, chegou a vez da pirataria dar o troco. Ao que parece, hackers conseguiram fazer o que muitos consideravam impossível e passaram a extrair de serviços como Netflix e Amazon vídeos em resolução 4K. Isso era algo considerado impossível até então e pegou muita gente de surpresa, seja pela sofisticação com que esses grupos estão agindo quanto pelos desdobramentos que essa novidade deve trazer ao mercado daqui para frente.

Como o site TorrentFreak destaca, o uso da resolução Ultra HD ainda é bem pequeno e a tecnologia segue dando seus primeiros passos, tendo as plataformas de streaming como os grandes berços para o desenvolvimento disso. Contudo, parece que nem mesmo as versões mais recentes do bloqueio HDCP, que protegia esse tipo de conteúdo de serem reproduzidos, foram capazes de manter os hackers longe. Tanto que, de acordo com a página, os primeiros indícios desse desbloqueio começaram a aparecer já no início deste ano, mas foi somente nas últimas semanas que mais vídeos em 4K começaram a aparecer em sites de torrent.

Um dos grupos responsáveis pela liberação desse tipo de conteúdo confirmou ao TorrentFreak que mais pessoas estão conseguindo extrair esses filmes e séries, mas não chegou a comentar como isso está sendo feito. Ele apenas disse esperar que, com a pirataria avançando sobre o formato, a resolução Ultra HD comece a se popularizar daqui para frente. A página ainda destaca que não se trata de um vídeo redimensionado, mas do verdadeiro 4K. Isso é algo fácil de descobrir por conta da qualidade da imagem, já que a resolução correta não conta com imagens pixeladas e nem com problemas de bitrate, como é comum quando o tamanho da imagem é alterado.

Jessica Jones

O que chama a atenção em relação a esse vazamento massivo é que boa parte do conteúdo que apareceu online nos últimos dias é originado da Netflix e do serviço de streaming da Amazon, o que serve como um forte indício de que essas duas plataformas possuem uma falha em comum que foi descoberta e explorada pelos hackers. No entanto, até o momento, ninguém sabe ao certo do que se trata e nem quando (e se) vai ser resolvido.

Entre o conteúdo 4K que começou a aparecer nos sites de torrent estão o filme O Homem do Castelo Alto e episódios das séries Edge, Good Girl Revolt, Highston e a aclamada Jessica Jones. Para mostrar que você vai precisar de um disco rígido bem maior no futuro, cada capítulo desses seriados possui uma média de 10 GB. Então, antes que você se anime com os downloads de conteúdo em Ultra HD, comece a se preocupar em melhorar sua internet e aumentar o espaço de armazenamento de seu PC — além de ter uma tela com suporte à novidade, é claro.

Segundo um dos hackers, dispositivos como o Amazon Fire TV e o Roku 4K possuem um sistema de proteção bem abaixo do que as suas fabricantes acreditam, dando a entender que os vazamentos podem estar acontecendo a partir desses sistemas. Com um HDCP um pouco mais datado, essa pode ser a porta de entrada da pirataria para o mundo da resolução absurda.

Via: TorrentFreak

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.