Siga o @canaltech no instagram

Nintendo vence processo contra site de ROMs e leva US$ 12 milhões

Por Rafael Arbulu | 13 de Novembro de 2018 às 11h23
Reprodução
Tudo sobre

Nintendo

Saiba tudo sobre Nintendo

Ver mais

A Nintendo leva a sério a sua posição de linha dura contra distribuidores não-licenciados de seus jogos antigos. O caso mais recente que serve de exemplo prático dessa política é o casal Jacob Mathias e sua esposa (seu nome não foi divulgado), que gerenciavam e operavam os sites Love ROMs e Love Retro. Ambos distribuíam ilegalmente, via download, ROMs de jogos antigos da Big N.

Em uma decisão judicial decorrente de processo movido pela publisher japonesa na corte do Arizona, onde o casal reside, as autoridades decidiram em favor da Nintendo, sentenciando o casal a pagar US$ 12,2 milhões em “danos irreparáveis” relacionados à prática criminosa de violação de direitos autorais. O casal, que desde o início do processo buscou acordos ao invés de uma disputa direta com a gigante dos games, acatou a decisão sem apelo. Mais além, a injunção judicial proíbe o casal de executar ou distribuir quaisquer ROMs e emuladores da Nintendo que porventura tenham em posse, e o que tiverem disso deverá ser entregue, a custo do próprio bolso.

Documentação da sentença, ainda sem assinatura de um juiz: casal que distribuía ROMs para emuladores de jogos antigos da Nintendo perdeu processo e deve à empresa mais de US$ 12 milhões (Imagem: Reprodução/TorrentFreak)

É seguro dizer que o casal, membro da classe média do estado do Arizona, não dispõe deste valor e que a Nintendo acabe aceitando uma multa bem menor. O motivo para cifras tão altas, porém, pode ser mais “público”: a empresa pode estar tentando colocá-los como exemplo — “se você piratear nossos jogos, nós vamos atrás de você”.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A documentação ainda precisa da assinatura de um juiz do estado, mas, considerando que ambos os lados concordaram com a sentença, isso não deve demorar a acontecer.

Fonte: Torrent Freak

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.