Autoridades da Somália tiram Kickass Torrents do ar; site funciona em nova URL

Por Redação | 09.02.2015 às 11:55

Depois do fim do Pirate Bay, que na verdade não durou tanto assim, parece que as associações de direitos autorais permanecem em busca de seus espólios. Neste final de semana, o Kickass Torrents – serviço que se tornou um dos mais acessados após a queda da baía do pirata – teve um de seus principais domínios, o kickass.so, bloqueado.

A mudança arbitrária aconteceu após ação de autoridades da Somália, onde o endereço estava registrado, que não apenas bloqueou o acesso dos usuários à página, mas também a uma versão semelhante, o kickasstorrents.so. A diferença é que a segunda URL não era oficial, mas sim um site que hospedava malwares e tentava se passar pelo serviço de downloads.

Segundo o Torrent Freak, ainda não há informações oficiais sobre o fato. Não se sabe, por exemplo, se foi uma ação solicitada por órgãos como a MPAA, que protegem os interesses de estúdios de cinema, canais de TV e da indústria fonográfica, ou apenas uma ação preventiva por parte das autoridades somalianas. Os responsáveis pelo Kickass, claro, acreditam na primeira hipótese.

Mas, assim como o Pirate Bay, eles não estão nada dispostos a deixar que a coisa termine dessa forma. Como o acesso ao domínio foi o único alvo, sem dano algum ao serviço em si, o Kickass Torrents permanece funcionando a partir de um de seus endereços principais, o kickass.to, e buscando novos domínios para criação de mirrors e alternativas de utilização caso surjam novos bloqueios.