BPP e Visa lançam pulseira de pagamentos wireless por R$ 99,90

Por Redação | em 23.11.2016 às 16h29

BPP Tag

A pulseira de pagamentos eletrônicos testada pela Visa no Rio durante os Jogos Olímpicos agora chegará ao consumidor final. A Brasil Pré-Pagos (BPP) e Visa anunciaram o lançamento da pulseira BPPTag, wearable que possibilitará pagamentos em terminais NFC nas lojas do país.

A pulseira chega ao mercado no valor de R$ 99,90 e uma carga inicial de R$ 20,00 deve ser feita pelo usuário. Após a ativação do dispositivo é possível inserir mais saldo por meio de um cartão de débito, crédito ou boleto bancário.

Com sete cores - preta, azul, lilás, branca, amarela, verde e vermelha -, a BPPTag é feita em material emborrachado e funciona como um cartão pré-pago, em que o usuário carrega o valor que quiser na pulseira e pode usá-la em cerca de 2.8 milhões de terminais que aceitam pagamento sem contato Visa. Estes terminais possuem o ícone de 3 ondas indicando que aceitam este tipo de transação.

Para usar, o dono da pulseir deverá solicitar a opção débito, aproximar a pulseira do POS e esperar um “bipe” que confirmará a transação. Nas compras acima de R$ 50,00 é necessário digitar senha. Segundo a BPP, toda transação realizada fica registrada em um extrato virtual que pode ser acessado a qualquer momento via app ou site.

Sendo um dispositivo pré-pago, o usuário também pode efetuar pagamentos, bloquear o dispositivo em caso de perda ou roubo, recarregar a pulseira e acessar o registro de todas as operações realizadas a qualquer momento pelo app ou pelo site do produto.

"Buscamos apresentar ao mercado meios que proporcionem maior flexibilidade e possibilidades ao dia a dia das pessoas. As inovações nunca param. Acreditamos que as pulseiras de pagamento farão parte da vida dos nossos clientes assim como o cartão. E este é só o começo de novos projetos na área do pré-pago", afirma o presidente da Brasil Pré-Pagos, Paulo Renato Della Volpe.

Segundo a Visa, o lançamento representa mais um passo em um processo em que a companhia chama de "desconstrução do plástico", integrando suas tecnologias de pagamento com novidades como a a Internet das Coisas.

"As pessoas podem escolher com segurança os dispositivos que melhor atendem suas necessidades, seja um wearable, um celular ou até um carro para realizar um pagamento”, explica Percival Jatobá, vice-presidente de Produtos da Visa do Brasil.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome