Golpe no WhatsApp faz empresário perder R$ 70 mil

Por Redação | em 20.04.2017 às 11h17

WhatsApp

Golpes usando redes sociais estão se tornando cada vez mais comuns no Brasil — e o WhatsApp se mostra como a plataforma preferida dos criminosos para enganar suas vítimas. Uma nova fraude vem usando exatamente o serviço de bate-papo e números clonados para roubar quem pensa em comprar um carro novo, como aconteceu com um empresário no interior de São Paulo, que acabou perdendo R$ 70 mil para os golpistas.

O caso aconteceu na região de Santa Fé do Sul, próximo à cidade de São José do Rio Preto, quando os criminosos se passaram por funcionários de uma concessionária conhecida da vítima e pediram para que ele fizesse os depósitos dos valores para poder retirar o veículo. Toda a negociação era feita pelo WhatsApp e, para garantir a confiança das pessoas, eles elaboraram um complexo esquema para dar veracidade a toda a história.

Primeiramente, eles faziam anúncios pela internet oferecendo uma carta de crédito de R$ 94 mil por apenas R$ 70 mil. Com essa carta, a pessoa poderia retirar um carro em qualquer concessionária que quisesse, podendo inclusive negociar com vendedores de sua confiança. Diante disso, o empresário em questão entrou em contato com os golpistas, que pediram que ele indicasse o vendedor que receberia o crédito. A vítima acabou passando o contato de um amigo que trabalhava com vendas e com quem já tinha conversado sobre o negócio anteriormente.

No entanto, logo em seguida, os criminosos clonaram o número desse vendedor e passaram a conversar com a vítima a partir dessa conta. Dizendo não poder atender ligações, os golpistas combinaram toda a negociação da carta de crédito — o que inclui até mesmo o envio de um falso comprovante de transferência — e o empresário depositou o valor nas contas que haviam sido informadas. Foi somente depois disso que ele entrou em contato com a concessionária e descobriu que o tal crédito que ele havia acabado de adquirir não existia e que tinha sido enganado, amargando um prejuízo enorme.

O vendedor que teve o número clonado disse que seu aparelho deixou de funcionar durante toda a tarde e que o sinal da operadora só retornou no fim da tarde, quando seu amigo ligou direto para a empresa.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Higor Nogueira Jorge, esse tipo de golpe vem se tornando cada vez mais frequente e que já há uma investigação para identificar os criminosos.

Via: G1

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome