Uber promete não fazer mais gambiarra para funcionar em países que proibiam app

Por Redação | em 09.03.2017 às 11h07

Uber

Embora seja uma unanimidade na preferência popular, o Uber ainda é proibido em muitos países. Mas isso não significa que o app não funciona nesses lugares, já que a empresa usava um software para burlar as autoridades que tentavam deter os motoristas do aplicativo. "Usava", no passado, porque a empresa prometeu parar com essa prática.

Na semana passada o aplicativo de transporte alternativo veio a público admitir que usava o "Greyball", que, entre outras coisas, mantinha os motoristas longe de problemas. A ideia era negar solicitações de corridas de "usuários fraudulentos que violam os termos de uso (...), sejam eles pessoas que têm intenção de agredir fisicamente os motoristas, concorrentes que buscam dificultar nossas operações ou oponentes que armam emboscadas secretas contra motoristas".

Ao que tudo indica, o serviço teria começado a usar o software em 2014. Ele funcionava assim: o Uber executava análises corriqueiras do cartão de crédito dos clientes e verificavam se eles tinham alguma ligação com alguma instituição estatal. Em caso positivo, o app mostrava um carro fantasma no smartphone do cliente e em seguida a corrida era cancelada.

Agora, entretanto, a Uber disse estar revisando a forma como a tecnologia é utilizada. "Estamos proibindo expressamente seu uso [do Greyball] ante a ação dos reguladores locais no futuro", disse o diretor de segurança da Uber, Joe Sullivan.

O executivo explicou que, devido às configurações dos sistemas do Uber, "levará algum tempo para conseguir que esta proibição seja completamente atendida".

Fonte: The Guardian, Economia Online

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome