Uber pode ser obrigado a adicionar botão de gorjeta no app

Por Redação | em 17.04.2017 às 17h16

Uber

Uma proposta anunciada pela Comissão de Táxis e Limousines de Nova York pode obrigar a Uber a incluir um botão de gorjeta no aplicativo. A função, que já existe em concorrentes da empresa de compartilhamento de caronas, passaria a valer para todos os serviços do gênero que aceitam apenas cartão de crédito como forma de pagamento.

Com isso, os usuários teriam uma forma de oferecer gorjeta aos motoristas com os quais realizam trajetos por meio da plataforma. Vale lembrar que, diferente do que acontece no Brasil e em outras partes do mundo, nos Estados Unidos só é possível pagar o Uber por meio de cartão de crédito diretamente no app.

De acordo com publicação feita pelo The New York Times, a proposta será apresentada de forma completa e oficial daqui a alguns meses. “Esta proposta será um importante primeiro passo para aumentar o potencial de ganho na indústria de veículos de aluguel”, informou em comunicado um representante da Comissão de Táxis e Limousines de NY. “Mas esta é só uma pedaço de um esforço maior para aumentar o bem-estar econômico dos motoristas”, prosseguiu.

A opção por esta proposta veio após a movimentação organizada pela Agremiação de Motoristas Independentes, uma organização criada para representar motoristas da Uber na cidade. Eles realizaram um abaixo-assinado que coletou mais de 11 mil assinaturas a fim de argumentar que os trabalhadores que prestam serviço à plataforma estavam deixando de faturar com a ausência de um botão de gorjeta.

O lado da Uber

Em comunicado, a porta-voz da Uber Alix Anfang garantiu que a empresa está disposta analisar a medida proposta pelos trabalhadores. “A Uber está sempre se esforçando para oferecer as melhores oportunidades de faturamento para motoristas, nós trabalhamos constantemente para aprimorar a experiência do motorista”, garantiu a representante da companhia.

No site oficial da empresa, a Uber informa que não há como oferecer gorjeta para motoristas por meio do aplicativo nas cidades em que a empresa atua como “uma experiência livre de dinheiro”. Porém, a companhia deixa claro que o usuário é livre para oferecer gorjeta em dinheiro para o motorista.

Em abril de 2016, a companhia publicou em seu blog um texto declarando algumas razões pelas quais não haveria um botão de gorjetas tão cedo no Uber. Segundo a postagem, é mais interessante para “usuários e motoristas saber com certeza o que eles vão pagar e receber em cada corrida — sem a incerteza das gorjetas.”

Pelo visto, porém, a Justiça de Nova York pode obrigar a companhia a rever as suas posições em relação a isso.

Fonte: The New York Time

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome