Twitter faz nova parceria com a NFL, mas não vai transmitir jogos

Por Redação | em 12.05.2017 às 10h34

Futebol americano

A perda dos direitos de transmissão dos jogos de quinta-feira à noite não representou o fim da amizade entre Twitter e a NFL. Nesta sexta-feira (12), a rede social anunciou que está firmando um novo acordo com a liga de futebol americano para produção de conteúdo original para a plataforma, que será transmitido ao vivo.

E se antes a ação acontecia apenas uma vez por semana, nos dias de partidas, agora os fãs contarão com conteúdo de segunda a sexta. O acordo deve durar por alguns anos e tem como principal destaque um programa ao vivo, que será exibido cinco vezes por semana durante a temporada, trazendo análises, melhores momentos, comentários e previsões – fazendo a alegria dos amantes do fantasy football, que apostam na performance de times e atletas ao longo da temporada.

Além disso, antes dos jogos, o Twitter também será a casa de uma cobertura oficial, que inclui entrevistas com atletas e técnicos, cenas de bastidores e a visão de especialistas. Conteúdo histórico também será exibido na rede social às quintas-feiras, aproveitando a popularidade da hashtag #ThrowbackThursday, com a qual usuários relembram o passado postando fotos ou retuitando postagens antigas.

A rede social não entrou em detalhes sobre a parceria, e não revelou, por exemplo, por quantos anos sua união à NFL vai durar nem o preço pago por isso – a transmissão de jogos de quinta-feira, que aconteceu durante todo o ano passado, teve um valor de US$ 10 milhões. Estima-se que o acordo atual custe, pelo menos, cinco vezes isso, preço considerado baixo pela quantidade de conteúdo, simplesmente por não incluir o principal produto da NFL, os jogos em si.

A colaboração entre as marcas foi considerada um dos pontos altos da estratégia do Twitter ao longo de 2016. Com a transmissão exclusiva, via internet, dos jogos da NFL, a rede social angariou cerca de dois milhões de espectadores, muitos deles internacionais, uma vez que as partidas poderiam ser vistas por qualquer pessoa ao redor do mundo, sem restrições regionais. A atração também aumentou o engajamento, uma vez que postagens e informação sobre o jogo apareciam ao lado do próprio vídeo.

Entretanto, muita gente reclamou que essa mesma funcionalidade poderia distrair a atenção, pois mensagens de usuários apareciam ao lado de estatísticas oficiais. Como a nova estratégia de conteúdo é focada justamente na análise e não nas reações ao vivo, ela pode acabar sendo mais interessante para os espectadores, que, inclusive, poderão participar das transmissões com opiniões e comentários.

A parceria entre Twitter e NFL para produção de conteúdo já existe desde 2013, mas foi somente em 2016 que a rede social obteve os direitos de transmissão ao vivo de jogos. O contrato, entretanto, não continuou neste ano, com a Amazon assumindo o streaming dos jogos de quinta.

Fonte: NFL

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome