Nova linha de TVs inteligentes da Philips traz "Chromecast integrado"

Por Redação | em 03.06.2016 às 18h04 - atualizado em 03.06.2016 às 18h20

Philips Series 6000

A ambição do Google de criar um ecossistema unificado para televisores inteligentes – ao redor, claro, da própria plataforma – deu um passo significativo nesta semana quando a Philips anunciou a inclusão da tecnologia Cast em suas novas smart TVs. Os aparelhos estão marcados para chegar no segundo semestre e contam ainda com resolução 4K e sistemas de som 3D.

Mas o grande destaque mesmo é o sistema semelhante ao do Chromecast, que permite que os usuários controlem o conteúdo exibido na TV a partir de celulares, tablets ou computadores. A partir dos dispositivos, é possível selecionar um filme na Netflix, uma transmissão de jogos pelo Twitch ou aquele álbum de imagens no Google Fotos e projetá-los no televisor.

A experiência, na visão do Google, é de pouca complexidade e permite expandir a utilidade de sistemas com os quais os usuários já estão acostumados. Basta que o dispositivo – nesse caso, a TV da Philips – esteja conectado à mesma rede Wi-Fi que o aparelho de controle para que, com dois toques, o conteúdo seja transmitido na tela grande.

Philips Series 6000

Grande, inclusive, é um belo adjetivo para falar sobre a série 6000. Como não poderia deixar de ser em uma linha de televisores com resolução 4K, a Philips está investindo em aparelhos de tela grande, sendo 43 polegadas o menor tamanho disponível. Todas contam com entradas HDMI e USB para reprodução de vídeo, além de permitirem o acesso à internet por meio da rede sem fio.

E os valores, apesar de tudo, não são altos. O modelo mais em conta, com 43 polegadas, sai por US$ 650 nos Estados Unidos, preço equivalente a cerca de R$ 2,2 mil. A linha segue com televisores de 49 polegadas (US$ 800, ou cerca de R$ 2,8 mil), 55 polegadas (US$ 1 mil, aproximadamente R$ 3,5 mil) e, finalmente, 65 polegadas, por US$ 1,5 mil, ou cerca de R$ 5,2 mil.

Todos os preços, entretanto, são correspondentes a conversões direta e não incluem impostos ou outras taxas caso você decida importar os modelos. Além disso, não significam que esses serão os valores cobrados por aqui, uma vez que a Philips ainda não anunciou a chegada da linha 6000 ao Brasil.

Fonte: Philips

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome