Bayonetta chega aos PCs com suporte a 4K

Por Redação | em 11.04.2017 às 16h37

Bayonetta

Depois de muito mistério, a SEGA finalmente revelou o que estava preparando para a série Bayonetta. E, ao invés de uma sequência como muitos fãs imaginavam, a empresa confirmou que está preparando a chegada do primeiro game da série para os PCs após alguns anos de atraso. Para compensar a demora, o estúdio revelou que os jogadores terão uma novidade a mais nos computadores: a possibilidade de ver a bruxa seminua em 4K.

O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (11) um pouco antes de a contagem regressiva na página oficial do game zerasse. O site Engadget acabou revelando a novidade um pouco antes da hora e confirmou todas essas adições. Porém, poucos minutos depois, a SEGA trouxe todas as informações oficiais sobre o relançamento, como a existência de opções gráficas avançadas e alguns outros extras. Isso inclui a trilha sonora original, wallpapers e até mesmo um artbook digital para que você fique babando nas artes conceituais por trás do game.

E, como se não bastasse, os fãs nem precisarão esperar nada para conferir o título, pois ele já está disponível para download. Sim, no mesmo instante do anúncio, o game passou a ser disponibilizado para venda no Steam e a um preço bastante convidativo. Nos PCs, Bayonetta está saindo por apenas R$ 36,99 — um preço mais do que justo para um título de 2009.

Em termos de configuração, as especificações mínimas exigidas pela Platinum Games para rodar o jogo também são bem modestas. Com um processador i3 3220, 4 GB de RAM e uma placa de vídeo GeForce GTX 570 ou uma Radeon HD6950 com 768 MB de VRAM já dão conta do recado. Porém, quem quiser ir para as configurações recomendadas, é preciso um processador Core i5 4460, 8 GB de RAM e uma placa GeForce GTX 760 ou Radeon HD7870 com 2 GB de VRAM.

Lançado originalmente para PlayStation 3 e Xbox 360, Bayonetta conta a história de uma bruxa com poderes um tanto quanto peculiares: seus ataques são feitos com os cabelos e, à medida que seus combos se estendem, ela fica com cada vez menos roupas. Apesar da polêmica, o game arrancou vários elogios graças ao seu ritmo ágil dos combates, ao melhor estilo Devil May Cry, misturando anjos e demônios de uma maneira bem única.

Via Steam

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome