Inteligência artificial consegue reproduzir escrita à mão com maestria

Por Redação | em 19.08.2016 às 07h42

escrita

Os roteiros de ficção científica há muito já nos indicam que a tecnologia dominará o mundo, e, enquanto isso não acontece na vida real, as inteligências artificiais vão ganhando cada vez mais poderes rumo à concretização dessa previsão. Desta vez, pesquisadores da Universidade College London criaram um software munido por uma inteligência artificial que é capaz de copiar a letra cursiva de qualquer pessoa com perfeição.

O programa analisa um pedaço da escrita original, feita à mão, e consegue reproduzir o estilo da letra daquela pessoa em novas frases, seguindo o mesmo padrão, como se fosse a própria pessoa que estivesse escrevendo. Chamado “My Text in Your Handwriting” (“Meu Texto em Sua Letra”, em tradução livre), o aplicativo usa um algoritmo de aprendizagem de máquina construído com base em glifos - formas únicas usadas por um indivíduo ao escrever caracteres específicos.

Funciona assim: a IA busca o que há de singular na escrita do indivíduo, conseguindo entender exatamente como copiar o estilo dele escrever. Os cientistas que desenvolveram o software realizaram testes usando amostras de pessoas famosas já falecidas, como Abraham Lincoln e Frida Kahlo, e o resultado foi novas frases escritas como se tivessem saído das mãos dessas personalidades. Ao pedir para que pessoas distinguissem entre o escrito original e a cópia, cerca de 40% delas acreditou na versão criada pela inteligência artificial.

Mas qual a utilidade desse tipo de coisa? Bom, segundo os criadores do programa, a ideia seria ajudar pessoas que perderam a capacidade de escrever a continuarem se comunicando por escrito, já que a IA escreveria tudo o que a pessoa gostaria no lugar dela. Mas essa tecnologia também pode ser útil para identificar falsificações.

“Podemos usar nosso software para caracterizar a escrita manual e quantificar as probabilidades de que algo foi forjado”, disse Gabriel Brostow, que participou do estudo. Já Dr. Tim Haines, autor do projeto, disse que o software tem várias aplicações válidas. “Vítimas de derrame, por exemplo, podem conseguir elaborar cartas sem se preocupar se a letra estará ilegível, ou alguém enviando flores como um presente poderia incluir um bilhete escrito à mão sem ao mesmo ir pessoalmente até a floricultura. O programa também pode ser usado em revistas de quadrinhos onde escritos à mão podem ser traduzidos para diferentes idiomas sem perder o estilo original do autor”, vislumbrou o cientista.

No vídeo abaixo, podemos entender ainda melhor como a inteligência artificial funciona: 

Fonte: Future Timeline

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome