McDonald's vai usar o Snapchat como etapa de entrevista de emprego

Por Redação | em 10.04.2017 às 12h00

McDonalds

Ao que parece, não é apenas a comida do McDonald’s que é rápida. Pelo menos na Austrália, a rede de fast foods decidiu inovar e adotar uma maneira um pouco mais dinâmica de selecionar seus novos funcionários. Ao invés do velho currículo, a empresa vai permitir que as pessoas se candidatem às vagas a partir de vídeos enviados pelo Snapchat. Para isso, as pessoas terão apenas 10 segundos e um filtro dedicado ao emprego.

Segundo a companhia, não se trata de uma brincadeira, mas de uma etapa real de seleção de novos funcionários. O novo filtro disponibilizado para o aplicativo no país permite que as pessoas já apareçam vestidas com o uniforme da empresa e, de acordo com um porta-voz da marca, esses vídeos rápidos serão analisados e usados para selecionar os primeiros candidatos que avançarão para as fases seguintes. As gravações não devem ultrapassar o tempo limite e a pessoa deve fazer uma breve apresentação, falando sobre si mesma.

Filtro de funcionário do McDonald's será liberado na Austrália para que candidatos utilizem em vídeo

De acordo com o chefe de operações do McDonald’s na Austrália, Shaun Ruming, o objetivo com essa iniciativa é encontrar pessoas com uma personalidade mais extrovertida e animada. Por isso a escolha do Snapchat como principal ferramenta, já que as pessoas que costumam usar o app estão mais alinhadas dentro desse perfil. Ele conta que aprendeu muito sobre o serviço com sua filha, que tem apenas 14 anos, e diz que a personalidade desses usuários se encaixa perfeitamente com aquilo que a empresa espera de alguém que vai estar constantemente em contato com o consumidor.

E, apesar de ser uma iniciativa curiosa, não há como não destacar o quanto essa metodologia soa superficial. É claro que pode ser apenas uma impressão dada às declarações de Ruming, mas não há como negar como soa estranho ver o executivo responsável pela novidade explicar tudo com base naquilo que ele percebe no padrão de uso da sua filha e não em pesquisas e estudos que realmente fundamentem a mudança e justifiquem o uso do Snapchat como método de seleção. Pode até funcionar para um caso isolado como na rede de fast foods, mas isso pode se tornar algo um pouco mais delicado se começar realmente a virar tendência no mercado.

Via: News.com.au, Business Insider

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome