Blocks, o smartwatch modular com funções que você escolhe, chega em 2016

Por Redação | em 19.11.2015 às 14h20 - atualizado em 19.11.2015 às 16h51

Blocks

Fazer pelos smartwatches o que os aplicativos fizeram pelos celulares é a ideia do Blocks, o primeiro relógio inteligente modular. O dispositivo foi financiado pelo Kickstarter, onde inicialmente pedia US$ 250 mil e já acumula mais de US$ 1,5 milhão, e deve chegar às mãos dos primeiros apoiadores em maio, chegando também no ano que vem às lojas online e sendo disponibilizado para todos.

Desenvolvido por uma companhia de mesmo nome, em parceria com a startup americana Cronologics, o conceito é basicamente o mesmo dos smartphones modulares. O Blocks conta com uma unidade central que desempenha todas as funções padrões do dispositivo, que podem ser ampliadas por meio de placas com hardware adicional, anexadas à pulseira e adicionando funcionalidades.

Blocks

No lançamento, serão cinco módulos: uma extensão de bateria com 100 mAh adicionais; sensores de pressão, altitude e temperatura; antena NFC; GPS individual; e um sensor de batimentos cardíacos. Depois, mais de 20 opções estão sendo desenvolvidas, como entradas para cartões SIM, permitindo que o Blocks funcione de forma independente, câmera, extensores de memória e um bracelete secundário, que permite ao usuário adicionar mais elos na pulseira caso ela ultrapasse o tamanho do pulso. Todos podem ser trocados sem que o aparelho tenha que ser desligado.

Blocks

Com um design que lembra o do Moto 360, o Blocks roda um sistema operacional proprietário, baseado no código aberto do Android, de forma a garantir portabilidade de aplicativos. Os criadores, porém, afirmam que a plataforma é ainda mais simples que a usada pelo Google nos smartwatches, facilitando a vida dos quase 1500 desenvolvedores já parceiros da fabricante na hora de passar softwares de um modelo para outro.

Como parte dos incentivos obtidos pela gigantesca ultrapassagem da meta inicial, o Blocks chegará com alguns recursos que não estavam previstos na leva inicial. É o caso, por exemplo, da substituição da tela TFT original por uma AMOLED, com aplicação de Gorilla Glass para maior durabilidade. Pelo Kickstarter, as unidades do relógio saem por US$ 195 (aproximadamente R$ 740), mas o preço para o consumidor final ainda não foi revelado.

Fontes: Blocks (Kickstarter), Pocket Lint

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome