Zenfone 3 Max vs. Galaxy J7 Prime [comparativo]

Por Adriano Ponte RSS | em 06.03.2017 às 17h28

Nem todo preço indica equivalência de especificações ou mesmo desempenho, portanto um tira-dúvidas é necessário em algumas faixas de smartphone. Confira então a seguir o nosso comparativo entre o Zenfone 3 Max e o Galaxy J7 Prime.

CONSTRUÇÃO

Do lado Zenfone 3 Max, temos um aparelho de aprox. 171g, trabalhado em metal arredondado nas laterais, com acabamento plano na parte posterior, onde todos os sensores estão um nível abaixo da traseira. Esse modelo unibody traz nas costas, abaixo da câmera, o local para apoiar o dedo sobre o leitor de impressões digitais.

Já do lado Galaxy J7 Prime, há uma traseira predominantemente em metal, tendo o conjunto cerca de 167 g em 8 mm de espessura. Ele conta com um leitor de digitais na sua frente integrado ao botão home.

Dessa forma temos dois modelos com metal presente, formato próximo... próximo demais, na verdade. Para um desavisado fica difícil dizer qual é qual apenas num olhar rápido. Ambos também não trazem diferenciais, como resistência à quedas ou líquidos, deixando tudo mais igual-por-igual ainda.

Não tem jeito. Empate entre ambos.

USABILIDADE E DESEMPENHO

Equipando o Zenfone 3 Max, temos o Chipset Snapdragon 430, equipado com CPU Octa-core (1.4 GHz Cortex-A53), GPU Adreno 505, 3GB de memória RAM e 32GB de armazenamento interno, com suporte a cartão microSD.

No Galaxy J7 Prime, temos o Chipset Exynos 7870 Octa, com CPU Octa-core de 1.6 GHz Cortex-A53, GPU Mali-T830MP2, 3GB de RAM e 32GB de armazenamento interno com suporte microSD.

Durante nossos testes, notamos que apesar da performance similar de ambos, há melhor execução de ambientes 3D e games com múltiplas renderizações na tela no Zenfone 3 Max, onde nota-se uma experiência mais fluida e concisa.

Ponto para o Zenfone 3 Max.

DISPLAY E MULTIMÍDIA

Começando pelo Zenfone 3 Max, são 5.5" de display IPS LCD rodando na resolução de 1080 x 1920, fechando em aproximadamente 401 ppi de densidade. Para o Galaxy J7 Prime, temos uma tela PLS (sim, PLS) TFT de 5.5", operando na resolução de 1080 x 1920 pixels, fechando em 401 ppi de densidade.

Em ambos os casos, temos as cores exibidas bem equilibradas, porém sem tons vívidos seguindo as limitações do LCD que já conhecemos, onde cenas mais escuras tornam-se um pouco mais claras do que deveriam.

Como diferencial entre ambos, fica o ponto negativo do J7 Prime apresentar um pouco de reflexividade, dando a impressão de que o ângulo de visão é afetado em algumas situações.

Sendo assim, o Zenfone 3 Max pontua nessa seção.

CÂMERAS

No Zenfone 3 Max temos um sensor de 16 MP, f/2.0, com detecção de fase e auto-foco laser. As gravações de vídeo são em 1080p com 30 frames por segundo. No J7 Prime, são 13 MP, f/1.9, 28mm, capturando vídeos em 1080p com 30 fps.

As imagens do Zenfone são boas, com ruído dentro do aceitável para cenas de menos luz. Existe um equilíbrio entre a qualidade das cores e contraste, mas zonas mistas de luz e sombra ficam registradas de forma satisfatória apenas, fixando-o como câmera intermediária. Sua tendência maior é gerar ruído ao invés de deformar a imagem ou mesmo suprimir detalhes.

Indo para o J7 Prime, temos fotos que tendem a parecer com menos foco do que o normal - efeito esse criado pelo nocivo pós processamento e suavização agressiva aplicado nas imagens. Ruídos e cores mal registradas acontecem com menos luz, mostrando assim um aparelho incapaz de produzir imagens de alta qualidade.

Ponto para o Zenfone 3 Max.

BATERIA E ACESSÓRIOS

Equipando o Zenfone 3 Max, temos uma bateria de 4100 mAh. A cada ciclo de 1h realizando streaming contínuo via Wi-Fi com brilho máximo, o Max consumiu 12% de sua carga. O carregador que acompanha o modelo oferece uma recarga de 2.000 mAh a 5V, completando a energia do Zenfone 3 Max em pouco mais de 2 horas.

No J7 Prime temos um aparelho equipado com uma bateria de 3300 mAh; nos mesmos testes do Zenfone 3 Max, temos uma descarga média de 13% da carga por hora no modelo. O uso do aparelho fora do teste também reforçou essa média. Na hora de carregá-lo, temos um fraco carregador incluso de 5v e 1000mAh, portando não espere seu aparelho cheio antes de 3 horas de recarga.

Ponto para o Zenfone 3 Max.

PREÇO

Até a data de fechamento deste vídeo, o preço médio de ambos aparelhos eram de:

- R$ 1.200 para o Zenfone 3 Max de 5.5";

- R$ 1.300 para o Galaxy J7 Prime;

Ponto para o Zenfone 3 Max.

QUEM GANHA?

Finalizamos então desta forma:

- Zenfone 3 Max com 6 pontos (em CONSTRUÇÃO, USABILIDADE E DESEMPENHO, DISPLAY E MULTIMÍDIA, CÂMERAS, BATERIA E ACESSÓRIOS, PREÇO);

- Galaxy J7 Prime com 1 ponto (em CONSTRUÇÃO);

E chegamos ao final do comparativo com o Zenfone 3 Max como vencedor da disputa.

Com melhor custo benefício (porém virtualmente com preço idêntico ao J7 Prime), temos suaves vantagens no modelo da Asus, mostrando que o J7 Prime não foi tão fundo em sua proposta. Se ambos estiverem pelo mesmo preço, você concordará com nossa escolha? A vitória fica com o Zenfone 3 Max? Conta pra gente nos comentários.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome