Quantum Fly vs LG K10 [Comparativo]

Por Adriano Ponte RSS | em 03.11.2016 às 20h46

Quando pegamos uma fatia de mercado para brigar entre si, começam a aparecer tantas coincidências e semelhanças que só um comparativo torna claro quem é melhor em custo-benefício. Justamente por esse motivo, atendemos aos pedidos de vocês, e vamos para o comparativo entre Quantum FLY vs. LG K10!

Construção

Do lado FLY, temos um aparelho feito em metal, e isso significa que toda a estrutura (com exceção da tela em vidro) apresenta o alumínio como matéria prima.  Já no LG K10, temos um "sabonete de vidro". É, não cansamos dessa piada aqui no Canaltech. Ainda continua não sendo uma crítica — ele apenas parece demais um sabonete, e isso fica bem "marcante" para seu visual. Gostamos bastante do design desse aparelho. Vale notar que o vidro só cobre a frente do K10 — sua traseira é plástica-texturizada.  

Ambos aparelhos exibem um "charme" similar: o acabamento arredondado de suas telas, aquele conceito que recebe o bizarro nome de 2.5 D - e isso deixa as coisas mais similares. Porém, metal no corpo ainda ganha comparativos por aqui, e o FLY sai na frente nessa hora. Ponto para ele. 

Usabilidade e desempenho

Nota antes de começarmos esta seção: até a data de fechamento deste comparativo, ambos os aparelhos contavam com o Android 6 (Marshmallow). 

Vamos lá.

Do lado Quantum FLY, temos um Chipset Mediatek Helio X20, de CPU Deca-Core (sendo 4x Cortex A53 de 1.4 GHz, 4x Cortex A53 de 1.9 GHz, 2x Cortex A72 de 2.1 GHz), 3GB de RAM e GPU Mali-T880MP4.

E, equipando o LG K10, temos um Chipset Mediatek MT6753 de CPU Octa-core 1.14 GHz Cortex-A53, 1GB de RAM e GPU Mali-T720MP3.

Vamos parar o comparativo de usabilidade neste momento, em respeito ao consumidor. Mesmo que o LG K10 tivesse o melhor chipset do mundo, estamos comparando um aparelho com 1GB de RAM, contra outro com 3GB. Isso quer dizer exatamente que você terá problemas ao rodar o Android, que "praticamente" exige 2GB de RAM para rodar 100%. 

Ponto para o Quantum FLY, sendo que nem precisamos citar sua leitura de impressões digitais integrada. 

Display e multimídia

Apesar da semelhança de ambos no aspecto (muito disso graças ao acabamento curvado 2.5 D), temos duas telas bem diferentes.

Na frente do Quantum FLY, temos uma tela IPS LCD de 5.2", rodando na resolução Full HD (1080p), fechando em 423ppi de densidade. Já no K10 da LG, temos um excelente display IPS LCD de 5.3", com resolução de 720 x 1280 pixels (fechando em ~277 ppi de densidade).

Quando falamos excelente, é sério. Seu display é macio ao toque, e NÃO deixa as cores lavadas, entregando bons pretos dentro da sua limitação LCD. O que estraga tudo isso é justamente a resolução, que, operando em 720p, faz tudo isso MENOS do que o Quantum FLY entrega em 1080p.

Dessa forma, ponto para o Quantum FLY, mas com menção honrosa para o LG K10.

Câmeras

Para o LG K10, são 12mp na câmera traseira, e 8mp na frente . A gravação em vídeo do aparelho é de 1080p. Para o Quantum FLY, são 16MP na traseira, e 8mp na frente . A gravação em vídeo do aparelho é de 1080p.

Assim parecem praticamente idênticos entre si, não? De fato os números convencem bem, mas a qualidade das fotos produzidas não deixa dúvidas. A LG trouxe uma câmera muito madura para o K10, que faz fotos de boa qualidade.

Mesmo que sua qualidade fosse apenas "regular", ainda assim bateria a problemática câmera do Quantum FLY, que faz boas fotos quando está de bom humor (é, de mau humor, ela tem dificuldade com foco, balanço de branco, medição de luz...)

Ponto: K10.

Bateria e acessórios

Vamos medir as eficiências e tanques, lado-a-lado. Para o Quantum FLY, temos um aparelho que conta com 3000 mAh de bateria. Seu consumo médio de energia por hora é de cerca de 20% da carga da bateria (em uso ativo intenso-moderado). 

Levando em conta o mesmo tipo de uso, temos para o LG K10 2300 mAh de bateria, e uma média de 16% de descarga por hora. Clara a melhor eficiência energética do K10, mesmo com tanque menor que o FLY.

Ponto, LG K10.

Preço

Nessa hora os lançamentos naturalmente sofrem, portanto observem:

  • R$ 1.299,00 para o Quantum FLY
  • R$ 750,00 para o LG K10

Natural vencedor de preço neste caso. Ponto, LG K10.

Quem ganha?

Finalizamos então desta forma:

  • LG K10 com 3 pontos (em câmeras, bateria, acessórios e preço);
  • Quantum FLY com 3 pontos (em construção, usabilidade + desempenho, display e multimídia).

EMPATE, senhoras e senhores!

Não vamos criticar nenhum deles, já fizemos isso seção por seção do comparativo. Por isso, vamos frisar QUEM é mais indicado para comprar QUAL. Você tira muitas fotos? Posta elas no Facebook, manda para os amigos e "tal"? Ótimo. Se esse é seu uso principal para seu celular, vá de LG K10, um aparelho voltado para usar redes sociais. Agora, se você gosta de APPs um pouco mais pesados, tem muitos instalados, quer jogar com certa frequência, recomendamos escolher o Quantum FLY, que se dará melhor que o K10 nisso.

E aí? Como você desfaz esse empate? Quem serve melhor para você entre esses dois aparelhos? Conta pra gente nos comentários!

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome