Como as fabricantes chinesas estão mudando todo o mercado de smartphones

Por Redação | em 21.08.2016 às 10h30

Smartphones Chineses

Você pode até não gostar deles, mas é preciso admitir: os smartphones de fabricantes chinesas estão ficando cada vez melhores, e mesmo assim, cada vez mais baratos em relação aos modelos de fabricantes tradicionais. Desde meados de 2015, temos visto uma onda de smartphones chineses tomar conta do mundo: marcas como Xiaomi, ZTE, Huawei e One Plus já não são motivo de estranheza e têm apresentado dispositivos cada vez mais respeitáveis para sua faixa de preço.

Smartphones Chineses

Com Snapdragon 820 e preços acessíveis, One Plus 3 (à esquerda) e Xiaomi Mi 5 (à direita) fazem sucesso pelo mundo

Conforme os anos passaram, smartphones de marcas como a Samsung, Apple, Sony, LG e Motorola têm ficado mais caros e iguais entre si, o que abriu uma lacuna para smartphones mais baratos e que ainda assim ofereçam um bom pacote de performance e funcionalidades. Ocupada pelos chineses, essa lacuna tem se aproximado cada vez mais de um mercado consolidado, onde as principais fabricantes do ramo têm lançamentos perfeitamente comparáveis aos de aparelhos "tradicionais".

Segundo Jeff Dunn, editor do portal Business Insider, isso acontece porque os smartphones chineses rompem com uma coisa que custa bastante dinheiro: o status. Ao abdicar do status que um grande nome pode lhes dar, aparelhos ainda assim muito competentes, como o One Plus 3, ou o Huawei Honor 8, conseguem entregar um hardware perfeitamente capaz de brigar com modelos mais caros, e sem custar mais de US$ 500 no mercado global.

Smartphones Chineses

Responsável pela fabricação do Nexus 6P, a chinesa Huawei ganhou notoriedade mundial ao fechar parceria com o Google (Foto: Reprodução/Neurogadget)

Ainda de acordo com Dunn, essa nova classe de gadgets "nascida nos últimos meses" mostra que é sim possível ter smartphones de preço razoável e que não só entreguem uma boa performance, mas também um design que não seja uma mera cópia de outros aparelhos, um bom acabamento e software, além de outros recursos que podem ser vistos até mesmo como um "extra" em aparelhos do tipo. Recentes no mercado americano, os chineses Huawei Honor 8, One Plus 3 e ZTE Axon 7 impressionaram por custar "apenas" US$ 400 e fazerem praticamente o mesmo que modelos de US$ 600, como o Galaxy S7 ou o LG G5, fazem. 

Embora atraiam muitos consumidores, também é necessário admitir que as fabricantes chinesas, e até mesmo outras fabricantes menores como a francesa Alcatel, têm as operadoras como suas principais barreiras nessa ascensão dentro do mercado global: na maioria dos países da Europa, assim como nos EUA, grande parte das pessoas compra smartphones em contratos com operadoras, e pelo fato de não fecharem acordos com estas operadoras, muitas fabricantes do gênero acabam com seu crescimento "freado". 

ZTE Axon 7

Custando US$ 400 e com design BMW, ZTE Axon 7 é um ótimo concorrente para o Galaxy S7 (Foto: Divulgação/ZTE)

No fim de seu texto, Dunn explica que caso essas fabricantes furem esse bloqueio ou consigam realizar acordos com as operadoras mundo afora, como a taiwanesa HTC fez para crescer no início dos anos 2000, muitas podem acabar com o reinado das fabricantes que cobram caro por status. É preciso levar em conta que mercados como a Europa e os EUA refletem no mundo todo, e fazer sucesso em ambos é parte do caminho para um sucesso mundial. 

Independente de gostar ou não deles, é importante notar como a chegada dos "chineses de respeito" acirra a competição envolvendo as fabricantes consolidadas. Mesmo que você não queira comprar ou importar um smartphone chinês, já que muitos deles ainda não chegaram ao Brasil, é inegável que eles vieram para ficar e devem incomodar cada vez mais as fabricantes tradicionais e, quem sabe, até mesmo seus usuários, que estarão pagando mais e mais por algo que aparelhos mais baratos fazem com maestria. 

Fonte: Business Insider

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome