Decifrado conteúdo de 200 disquetes de Gene Roddenberry, criador de Star Trek

Por Redação | em 06.01.2016 às 12h59

disquetes 5,25 polegadas

Em 2016 Star Trek completa 50 anos de criação, e os fãs de uma das séries mais amadas pelo público de ficção científica talvez sejam agraciados com material inédito. E não, não estamos falando da nova série que o canal CBS está produzindo (com previsão de estréia para janeiro de 2017). Tratam-se de 200 disquetes de Gene Roddenberry, criador de Jornada nas Estrelas, que foram descobertos há alguns anos e acabaram de ser decifrados.

Os discos flexíveis de 5,25 polegadas têm 160KB de conteúdo cada e foram gravados na década de 1980 pelo criador da série. Mesmo tendo caído em desuso nos anos 90, seria fácil recuperar esses arquivos se eles não tivessem sido gravados com uma linguagem exclusiva desenvolvida para Roddenberry, que utilizava computadores, sistemas operacionais e softwares próprios.

Disquetes de Gene RoddenberryComputador e disquetes de Gene Roddenberry (Reprodução: Divulgação)

Roddenberry utilizava duas máquinas IBM, mas uma delas foi danificada completamente. A outra foi vendida em um leilão há muitos anos por um comprador anônimo. O que sobrou foram esses disquetes, que permaneceram todo esse tempo na escuridão, mas que podem conter uma preciosidade em roteiros e ideias para novos episódios de Star Trek.

Os responsáveis pelo espólio artístico do autor contaram com a expertise da DriveSavers, especialista em recuperação de dados eletrônicos, para decifrar os códigos dos disquetes. Alguns anos de trabalho depois finalmente o material foi revelado, mas somente aos envolvidos. Todo o processo está sendo feito sob um contrato de sigilo que não os permitem levar ao grande público as descobertas. Contudo, como Jornada nas Estrelas completa cinquenta anos de criação neste ano, esperamos que os fãs ganhem de presente esse verdadeiro tesouro!

Sobre Jornada nas Estrelas

Star Trek

A série original foi exibida entre 1966 e 1969 nos Estados Unidos, contando com 79 episódios que abordavam a viagem espacial com questões sociais, culturais e políticas da época. O sucesso foi tanto que a série ganhou tradução em diversos idiomas, sendo transmitida também no Brasil. No cinema, Jornada nas Estrelas ganhou adaptações em 1979, 1980, 1990 e 2000, ganhando um reboot em 2009 pelo diretor J. J. Abrams. A terceira parte da trilogia atual estréia nos cinemas em setembro deste ano.

Fonte: VentureBeat

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome