Número de novos usuários do ProtonMail dobra após vitória de Trump

Por Redação | em 14.11.2016 às 12h13

Arquivos protegidos

Preocupados com os rumos que sua privacidade na internet poderia tomar após a eleição de Donald Trump, muitos norte-americanos logo trataram de procurar por novas tecnologias de segurança na web. O serviço de e-mail criptografado ProtonMail, por exemplo, viu novas inscrições de usuários dobrarem desde que Trump foi eleito novo presidente dos Estados Unidos na última quarta-feira, 9.

"O ProtonMail segue a política suíça de neutralidade e não tomamos qualquer posição a favor ou contra Trump", afirmou o CEO do serviço de e-mail criptografado, Andy Yen. Segundo ele, ao se comunicar com esses novos usuários, a empresa achou que as pessoas estavam apreensivas com as decisões que o novo presidente dos EUA poderia tomar e o que significariam considerando as atividades de vigilância da Agência Nacional de Segurança, NSA.

Um dia após a vitória de Trump, o ex-consultor da NSA, Edward Snowden, encorajou as pessoas preocupadas com suas ramificações no comando da agência a usar criptografia, durante uma audiência holandesa através de videoconferência na Rússia – o que parece ter surtido efeito. Vale lembrar que, sendo presidente, Donald Trump também herdará a NSA, que utiliza diversos recursos para descobrir dados de usuários de serviços da internet.

"Dada a retórica da campanha de Trump contra jornalistas, inimigos políticos, imigrantes e muçulmanos, há a preocupação de que ele possa usar as novas ferramentas à sua disposição para atingir determinados grupos", acrescentou Yen. "Como a NSA atualmente opera completamente fora do olho do público com muito pouca supervisão legal, tudo isso poderia ser feito em segredo."

O ProtonMail foi lançado em maio de 2014 por cientistas que se conheceram no CERN e no MIT. Em resposta às revelações de Snowden sobre a cumplicidade entre a NSA e outros provedores de e-mail, como o Google, eles criaram um serviço de e-mail criptografado de ponta a ponta, resistente ao governo.

Fonte: TechCrunch

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome