Samsung inicia novas investigações para saber o que há com os Galaxy Note7

Por Redação | em 29.09.2016 às 10h34

Galaxy Note 7

A Samsung iniciou nesta semana a troca dos Galaxy Note7 defeituosos nos países em que foi lançado. Mas o que era para resolver o problema, acabou criando outro. Os novos smartphones que os usuários receberam em troca também estão apresentando problemas de superaquecimento e um deles até chegou a pegar fogo. Nesta quarta-feira (28), a companhia anunciou o início de novas investigações para saber o que está acontecendo.

As queixas põem ainda mais pressão sobre a fabricante sul-coreana, que vem se esforçando para que sua reputação não fique ainda mais manchada junto ao público. Apesar disso, não param de surgir relatos de que os Note7 esquentam demais, não sendo possível usá-los e, eventualmente, simplesmente pegam fogo.

Ao Wall Street Journal, a Samsung disse que "em condições normais, todos os smartphones podem apresentar flutuações de temperatura". O problema é que, ao que aparenta, os relatos apontam para algo bem longe do "normal". Tais queixas levaram a empresa a, finalmente, iniciar novas investigações para saber o que raios há de errado.

Esse compromisso global assumido pela companhia não abraça os consumidores chineses, que também vêm demonstrando sua insatisfação com o Note7. Ela, por sua vez, insiste em dizer que os aparelhos vendidos no país asiático não apresentam problemas, pois sua bateria, a causadora das explosões, é fabricada por outra empresa.

Independentemente disso, parece que a novela dos smartphones (e máquinas de lavar) explosivos continuará por um tempo e só nos resta esperar para ver onde isso tudo vai dar.

Via The Wall Street Journal, DigitalTrends

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome