'Facebook da maconha' quer negociar ações em Wall Street

Por Redação | em 12.04.2016 às 14h20

Maconha

A MassRoots é uma rede social direcionada para usuários de maconha que pretende ser a primeira empresa dedicada ao uso recreativo e terapêutico da cannabis a negociar ações em Wall Street, sede da bolsa de valores de Nova York. Criada em 2013 na cidade de Denver, Colorado, nos Estados Unidos, a companhia apresentou nesta segunda-feira (11) a sua candidatura à SEC, agência responsável pela bolsa.

A tentativa de ir à Wall Street tem um objetivo bem simples: juntar dinheiro. A startup espera reunir US$ 6,5 milhões por meio da oferta pública de ações para quitar dívidas, ampliar os negócios e desenvolver novas funcionalidades em seu aplicativo para dispositivos móveis.  Atualmente, os débitos da empresa giram em torno de US$ 8,5 milhões, com uma receita que cresceu de US$ 9 mil em 2014 para cerca de US$ 215 mil no último ano.

Atualmente, a plataforma garante ter 775 mil usuários cadastrados, que usam a plataforma para compartilhar as suas experiências relacionadas ao consumo da maconha. Como os seus membros não pagam nada para usar o serviço, a única fonte de renda do MassRoots é a publicidade. Dado a receita cada vez maior gerada pelo mercado de maconha nos Estados Unidos, em especial no estado do Colorado, não deve demorar muito para que o “Facebook da cannabis” consiga render dinheiro a seus investidores.

Fonte: AFP

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome