Prefeitura de Curitiba interrompe trabalho nas redes sociais

Por Felipe Demartini RSS | em 29.06.2016 às 12h53 - atualizado em 29.06.2016 às 13h12

Prefeitura de Curitiba

Considerado um dos projetos de redes sociais mais inovadores do Brasil, justamente por envolver a burocracia sempre presente em uma administração pública, a página no Facebook da Prefeitura de Curitiba está fazendo uma interrupção em seus trabalhos. O anúncio foi feito na noite desta terça-feira (28), no próprio espaço e com uma imagem das capivaras que se tornaram mascote de todo o trabalho feito ao longo dos últimos três anos.

De acordo com a prefeitura, a ideia de interromper os trabalhos vem para realizar uma necessária separação entre a comunicação feita entre administração e população da campanha política que se avizinha com a aproximação das eleições. Para o órgão, o papel institucional nas redes sociais deve ser de isenção e, sendo assim, os canais ficarão desativados por algum tempo.

“Esse afastamento é necessário para que esse espaço mantenha uma distância saudável dos debates de política partidária, como sempre [conseguimos] fazer”, afirmou a prefeitura ao Canaltech. O atual prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, já confirmou que vai tentar a reeleição neste ano, e a busca por um vice-prefeito ,e principalmente, pelo partido que irá apoiá-lo na chapa, vem movimentando os bastidores da política na capital paranaense.

Prefeitura de Curitiba

Além disso, a interrupção nas atividades vem para atender a uma determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que segundo a lei 9.504, de setembro de 1997, impede a utilização de meios de comunicação oficiais durante as campanhas. A norma não exige a suspensão das atividades, mas para a administração pública, isso foi necessário para garantir a isenção durante o processo.

Com o estilo sempre descontraído, a prefeitura disse também que seu foco sempre esteve na cidadania, promovendo debates e convidando a população para participar dos problemas e soluções enfrentados pela capital paranaense. No anúncio da suspensão das atividades, foram citadas algumas dessas iniciativas, que já envolveram ações sociais, arrecadação de livros e mutirões de doação de sangue, apenas para citar alguns exemplos.

O trabalho da “Prefs”, como acabou sendo chamada carinhosamente pelos próprios seguidores, entretanto, não deve acabar. Também em declaração oficial, a administração do município confirmou que as comunicações via Facebook retornam após o período eleitoral, entretanto, uma data precisa para essa volta não foi revelada.

O atendimento direto à população, por meio de postagens ou mensagens privadas, também deve ser interrompido durante o período de inatividade. Entretanto, a prefeitura indicou o uso de sua central de atendimento, pelo telefone 156, como a melhor alternativa para quem quiser fazer pedidos, dar sugestões ou enviar reclamações.

Prefeitura de Curitiba

A notícia foi recebida com bom humor pelos seguidores, que utilizaram memes para dar tchau à “Prefs”. Os responsáveis pela página também responderam na mesma moeda, fazendo referências a seriados como Game of Thrones e usando imagens já consideradas clássicas como a do “Dinofauro”, um Tiranossauro Rex fanho. 

Prefeitura de Curitiba

Em novembro de 2015, a Prefeitura de Curitiba foi campeã em duas categorias do Prêmio Share, uma das principais premiações de redes sociais do Brasil. A administração levou os troféus de melhor atendimento por serviços do tipo, respondendo a mais de 80% das solicitações enviadas pelo Facebook em um tempo considerado bom, e também de Campanha Integrada, por uma ação chamada “Casamento Vermelho”, que selou o matrimônio simbólico entre a capital paranaense e o Rio de Janeiro, levando a mutirões para doação de sangue.

Prefeitura de Curitiba

Outro destaque, segundo a prefeitura, é o alcance orgânico de suas publicações. Na época do recebimento dos prêmios, a administração revelou que suas publicações eram visualizadas 137 milhões de vezes pelos seguidores, tudo de maneira espontânea. Caso espaços tivessem de ser comprados para realizar tais comunicações, seriam gastos cerca de R$ 6,8 milhões para que a mesma quantidade de público fosse atendida. Curitiba é hoje a segunda maior cidade em seguidores nas redes sociais, atrás apenas de Buenos Aires, na Argentina.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome