Pesquisadores descobrem que 48 milhões de usuários do Twitter são bots

Por Redação | em 14.03.2017 às 09h15 - atualizado em 14.03.2017 às 09h28

BOTS

Grande parte das mensagens marcadas como favoritas, retweets e dos seguidores de sua conta no Twitter podem ser na verdade obra de bots, aplicação capaz de simular ações humanas repetidas vezes e de uma maneira padrão.

É o que revela um estudo conduzido pela Universidade do Sul da Califórnia e Universidade de Indiana, o qual aponta que pelo menos 48 milhões de perfis do Twitter são bots — número que constitui 15% da base de usuários da rede de microblogging.

Os pesquisadores utilizaram mais de mil recursos para identificar contas de bots no Twitter, em categorias incluindo “amigos”, “conteúdo” e o tempo entre a publicação de tweets, de perfis que são conhecidos por sua capacidade de seguir, marcar como favorito e retweetar automaticamente.

No entanto, um porta-voz do Twitter disse que, embora os bots muitas vezes têm conotações negativas, "muitas contas de bots são extremamente benéficas, como aquelas que alertam automaticamente as pessoas de desastres naturais ... ou do ponto de vista do serviço ao cliente".

A mesma posição é adotada pelos responsáveis pelo estudo, que apontam que esses mecanismos também podem ser usados para disseminar notícias úteis ou para coordenar atividades voluntárias. Em contrapartida, eles também são usados para disseminar discursos de ódio e informações falsas. "Há um crescente registro de aplicações maliciosas de bots sociais. Alguns simulam o comportamento humano para criar falsos apoios políticos e promover o incentivo ao terrorismo”.

Fonte: (Via) CNBC

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome