Perfil de House of Cards no Twitter faz piada da situação política brasileira

Por Redação | em 17.03.2016 às 09h43

Frank Underwood

Mesmo diante de uma das maiores crises econômica e política enfrentadas pelo Brasil atualmente, o brasileiro mostra que não perde o bom humor. Basta acessar o Twitter para ver a enxurrada de memes que passaram pela rede social nesta quarta-feira (16), com acusações de "golpe" por todos os lados. Só que não foram apenas os usuários que fizeram piada da situação: a conta da série House of Cards também tirou proveito do turbilhão de acontecimentos.

Na mensagem, o protagonista Frank Underwood (Kevin Spacey), que no seriado original da Netflix faz de tudo para manipular e conquistar poder na capital dos Estados Unidos, aparece em um GIF rindo de forma sarcástica. "Assistindo a cobertura dos noticiários hoje no Brasil", diz a postagem no microblog.

Na TV e na internet, o assunto não foi outro senão a nomeação do ex-presidente Lula como novo ministro da Casa Civil pela presidente Dilma Rousseff. O motivo de indignação de muitos brasileiros é que Lula não poderia assumir o cargo pois está sendo investigado na Operação Lava-Jato pelo escândalo de corrupção da Petrobras. O ex-presidente é suspeito de receber vantagens indevidas do esquema e também é investigado por, supostamente, ter omitido das autoridades ser o dono de um apartamento triplex em Guarujá (SP) e de um sítio em Atibaia (SP), o que a defesa dele nega.

Horas depois da nomeação de Lula como ministro, o juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal do Paraná, retirou o sigilo de interceptações telefônicas de Lula e divulgou na imprensa o grampo de uma conversa entre ele e a presidente Dilma. Já durante a noite, depois da divulgação dessa chamada telefônica, algumas cidades em 18 estados iniciaram protestos contra o governo.

A mensagem no perfil de House of Cards no Twitter vem apenas alguns dias depois da estreia da quarta temporada da série na Netflix. Na semana de lançamento do quarto ano, a companhia também usou a política brasileira para promover o seriado ao publicar uma carta atribuída a Underwood ao povo pedindo para exercer o espírito crítico.

Alguns jornais internacionais também fazem comparações entre o cenário político atual no Brasil com House of Cards. Thomas Fischermann, do alemão Die Zeit, disse em reportagem que as intrigas políticas e investigações no Brasil estão melhores do que a série norte-americana. "Por estes dias, é difícil entender por que ainda há pessoas que se interessam por House of Cards. Elas não acompanham as notícias da política brasileira?", questionou o jornalista.

Fonte: House of Cards (Twitter), com informações do G1 e NE10

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome