Navegadores estão começando a bloquear anúncios por padrão

Por Redação | em 24.12.2015 às 14h25

Adblock

Mais um capítulo do polêmico debate em torno dos bloqueadores de anúncios deve movimentar a opinião do mercado publicitário. No início de 2016, o AdBlock Plus estará presente no navegador proprietário da empresa de eletrônicos Asus. Ele será ativado por padrão no browser da empresa. A situação parecer ser difícil para a indústria de publicidade online, visto que elas dependem que os internautas vejam os anúncios para gerarem receitas.

Além de ser irritante, anúncios também tornam os usuários mais suscetíveis a malwares. Então, há benefícios reais de segurança ao utilizar um produto como o AdBlock Plus. A ideia é fazer dele uma opção padrão para os navegadores. É certo que o browser da Asus tem uma pequena base de usuários, com apenas 15 milhões, mas se outros navegadores e fabricantes optam por seguir o seu exemplo, a indústria de publicidade online vai ter muito trabalho para contornar a situação.

Atualmente, alguns anúncios são permitidos através de filtros no Adblock Plus, como parte de seu programa de anúncios que aceitam algumas publicidades, que são examinadas previamente para se certificar de que elas são relativamente discretas e seguras.

O CEO e co-fundador da AdBlock Plus, Till Faida, disse em um comunicado emitido que o time da startup está "extremamente feliz em se juntar com a Asus, a primeira grande fabricante de hardware para integrar bloqueio de anúncios em seus dispositivos móveis. Esta é uma outra chamada para a inovação na indústria publicitária".

Via Motherboard

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome