Snapdragon 835 dá show em testes de benchmark e garante fluidez em VR

Por Redação | em 23.03.2017 às 21h19

Desde os primeiros resultados em testes de benchmark, a nova leva de processadores ultramodernos da Qualcomm vem se destacando no mercado. Por exemplo, o Snapdragon 821, que equipa o Google Pixel, já se provou um exímio processador capaz de rodar os aplicativos que mais exigem em termos de performance, inclusive em termos de realidade virtual (VR).

E agora, após uma longa espera, a Qualcomm finalmente resolveu convidar alguns jornalistas para visitar sua sede em San Diego, California, e mostrou todo o poder de fogo do Snapdragon 835 — que, com todo respeito ao modelo anterior, transformou o 821 em coisa do passado (veja os dois lado a lado na imagem com a moeda; o 835 é consideravelmente menor que o irmão mais velho). O motor aqui urra alto, principalmente se o assunto for games em VR. 

À frente da CPU monstruosa está Travis Lanier, Gerente Senior de Produtos da Qualcomm, e foi ele quem mostrou alguns insights interessantes sobre o componente. A Qualcomm repetiu a fórmula dos oito núcleos na configuração, sendo que destes, quatro rodam a 2,45 GHz e, juntos, possuem um cache de 2 MB. Já os outros quatro núcleos são menores, rodando a até 1,9 GHz e com cache de 1 MB. Mas, graças ao cache, raramente os quatro núcleos adicionais usarão a memória funcional do aparelho, o que permite ao dispositivo poupar mais energia e durar mais tempo fora da tomada. 

Protótipo da Qualcomm com o Snapdragon 835 (Foto: AndroidPit)

A galera do AndroidPit testou o processador em San Diego e informou que o componente já pode dar as caras no Samsung Galaxy S8 e no Sony Xperia XZ Premium. Inclusive, o dispositivo de testes (um protótipo bem cru montado pela Qualcomm) dava dicas disso: ele contava com uma tela de 6 polegadas com 1440 x 2560 pixels. Por baixo do capô o aparelho trazia 6 GB de RAM (LPDDR4) e 64 GB de memória interna (UFS 2.0), rodando o Android NMF27V rodando sobre o Kernel 4.4.21. No final das contas, o desempenho do dispositivo foi impressionante.

Mas, vamos ao que interessa: ao final de todos os benchmarks, o Snapdragon 835 se mostrou 50% mais rápido que seu antecessor em termos de CPU. Comparado com os valores do 821 no Pixel XL, as diferenças foram bastante perceptíveis. Por exemplo, para aplicativos de realidade virtual, o Snapdragon 835 suporta taxas de quadro superiores a 30 fps, o que garante uma experiência de jogo bastante fluida. 

A mudança na arquitetura de 10 nm é algo que realmente incrementa. O novo processo usado pela Qualcomm neste chip oferece vantagens elétricas e taxas mais elevadas de clock, em comparação com a arquitetura de 14 nm, usada anteriormente. Mas os funcionários da empresa não disseram qual a frequência da nova GPU

Para quem entende de benchmark, aí estão os resultados em vários testes executados: 

Agora é só esperar para ver o "bichinho" em plena atividade de perto. Fique ligado no Canaltech para mais novidades!

Fonte: AndroidPit

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome