Pokémon GO já foi alvo de 120 mil ataques desde que foi lançado no Brasil

Por Redação | em 23.08.2016 às 17h17

Pok

Pokémon GO não virou mania apenas entre os jogadores. Sabendo da popularidade do game, cibercriminosos já desenvolveram vírus contra os usuários que baixaram o jogo em seus dispositivos móveis. É o que mostra um relatório divulgado nesta segunda-feira (22) pela empresa de segurança mobile PSafe, que afirma ter bloqueado mais de 120 mil ataques relacionados ao título desde que este chegou ao país.

De acordo com a companhia, nos primeiros 15 dias em que Pokémon GO foi lançado por aqui, foram encontrados mais de 300 tipos de ameaças. Entre os principais registros estão malwares que se disfarçam de guias de como jogar o game e buscadores de Pokémon que prometem oferecer mais Pokébolas e Pokécoins.

Para efetuar os ataques, os criminosos tentam fazer com que o usuário se inscreva em serviços de SMS pago e façam o download de outros apps, que por sua vez tentam se passar por ferramentas verdadeiras e ligadas ao jogo desenvolvido pela Niantic. Inclusive, há diversos aplicativos falsos na Google Play e apps maliciosos com o mesmo nome do título verdadeiro, que tentam confundir o usuário.

Um dos vírus mais graves chega a "sequestrar" o smartphone do usuário. Com o mesmo nome do game, o vírus "Pokémon.ScreenLocker" solicita autorização de administrador para o usuário e bloqueia a tela do celular, impedindo que o usuário consiga acessar qualquer funcionalidade do aparelho – até os comandos para desligar o dispositivo são travados. A única forma de liberar o acesso é pagando um valor de "resgate" para o hacker. Após esse pagamento (valor depositado na conta do hacker), o telefone é desbloqueado e o usuário pode acessar suas funções novamente.

Nesse aspecto, uma dica é ficar atento nas permissões solicitadas pelo malware durante a instalação, incluindo "envio de SMS", "Notificar o app toda vez que o sistema inicializar", "permitir a criação de janelas do app em todos os outros aplicativos do usuário", "acesso às redes do usuário", "criar e apagar sistemas de armazenamento de conteúdo", entre outros.

Proteja seu aparelho

Pokémon Go

Para evitar cair em golpes, a PSafe destaca algumas recomendações básicas. A primeira, e que todo mundo já sabe, é sempre optar por senhas fortes e bem elaboradas, não apenas um simples código PIN ou desenho. A melhor solução é uma senha que contenha pelo menos dez caracteres, variando entre letras minúsculas e maiúsculas, números e símbolos, e toda a sequência deve ser alterada de forma regular. Também é importante definir o tempo de inatividade mínimo para o telefone bloquear e desativar a opção de mostrar senhas quando digitá-las.

Outra sugestão é baixar somente aplicativos certificados. O usuário deve procurar sempre baixar apps de lojas oficiais, como a Google Play. E ainda assim, deve conferir se o app é verdadeiro, pois a própria Play Store pode conter alguns aplicativos falsos. É essencial ler a descrição com atenção, checar os comentários e desconfiar de serviços que prometem itens extras em jogos. Ter um antivírus certificado instalado no smartphone também é fundamental para manter a segurança do dispositivo.

Além disso, é preciso ter cuidado com as permissões de aplicativos. Sempre verifique isso cada vez que um novo app for instalado para saber exatamente o que ele está pedindo para ter acesso. Desconfie se um jogo ou programa qualquer quer permissão para enviar SMS pago, desfrutar de internet ilimitada ou ter acesso de admin ao celular. Após a instalação, a lista de permissões é mostrada na tela, e também há o link "Verificar Permissões", na parte inferior da página do app. Se o usuário tiver um antivírus instalado, ele irá alertar caso esteja tentando baixar algum app malicioso. Se um aplicativo suspeito já tiver sido instalado, é preciso em "Configurações", "Aplicativos Habilitados" e desabilitar os que não deseja executar e que considera suspeitos.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome