Principal competidor do PS4 Pro é o PC, diz Sony

Por Redação | em 09.09.2016 às 18h24

Sony PS4 Pro

Com o anúncio do PS4 Pro, todo mundo viu na nova versão do console uma postura bastante agressiva da Sony para bater de frente com o Xbox One. No entanto, parece que essa nunca foi a intenção da empresa. Embora a Microsoft já tenha declarado que o Project Scorpio vem com tudo para competir nesta geração intermediária, a companhia japonesa revelou que o objetivo principal com o novo modelo do PlayStation 4 é fazer frente ao PC.

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, o presidente da Sony Andrew House comentou sobre o recém-apresentado modelo e deixou claro que a ideia da companhia nunca foi fazer uma resposta ao Scorpio, anunciado pela Microsoft na última E3. Tanto que, segundo ele, o projeto começou a ser desenvolvido antes dos primeiros rumores da concorrência começarem a surgir, o que faz com que o anúncio do Neo não seja baseado em uma reação, visto que essa não é a estratégia da companhia neste momento.

House vai além e diz que a ideia de trazer um console focado em 4K surgiu após ter conferido alguns dados relacionados ao mercado. O executivo relembra que a análise apontava para uma tendência que os jogadores tinham de migrar para os PCs depois de um determinado tempo de uma geração e que isso acontecia exatamente porque esse público estava à procura de melhores experiências gráficas, algo que os consoles não poderiam ofertar por conta de suas limitações. Assim, ao invés de perder esse consumidor para os computadores, a Sony pensou em uma maneira de manter esses jogadores fiéis.

PlayStation 4 ProSegundo presidente da Sony, ideia do PS4 Pro é fazer com que os jogadores não migrem para o PC

De acordo com o presidente, o objetivo é fazer com que essas pessoas permaneçam dentro do ecossistema da Sony e que, para isso, a companhia precisa oferecer o melhor e o maior desempenho na parte técnica. Foi a partir disso que nasceu o PS4 Pro. E, como destaca o site Gamasutra, isso ajuda a explicar também por que a empresa optou por deixar de lado o leitor de Blu-ray Ultra HD, algo que vem sendo criticado desde o anúncio do console.

Ao mesmo tempo, as explicações de Andrew House nos ajudam a entender não apenas os planos da Sony, mas também da Microsoft. Como apontou o executivo, a Sony apostou no 4K e no ganho de desempenho do PS4 para não perder seus jogadores para os PCs, e o fato de o Project Scorpio vir com a mesma proposta de ganho de qualidade mostra que a Microsoft não quer ficar para trás — ainda que ela tenha a vantagem de também atuar nos computadores com o Windows 10 e o novo Xbox Play Anywhere. Assim, o que fica claro é que essa geração intermediária é algo que realmente deve se tornar uma constante no futuro, por mais controversa que seja.

Via: The Guardian, Gamasutra

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome